rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, março 21, 2010

O POETA CORTESÃO...

POETA OFICIAL, O BOBO DA CORTE...



Garimpeiros vão usando
Sem rebuço, sem pudor
A mina-Estado, pensando
Ser ouro o seu senhor!

Já temem a transparência
Só pensam na impunidade
Arrotam vil sapiência
Cultivam a opacidade!


Corrompidos, corruptores,
Usam a reles censura,
Calam denunciadores
Aos servos, dão sinecura.


Patrocinam cortesãos
Aduladores rasteiros
Peritos no beija-mão
À procura de poleiros.


O país vai-se afundando
Só tem corruptos à perna
Que lá se vão governando
À custa de quem governa!

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home