rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, dezembro 11, 2007

Porto Vintage, será?!







A ALMA GIGANTE DE UMA CIDADE!
Alma granítica, forte
Cravo azul, na verdade,
Bastião livre do norte
Oh nobre invicta cidade.
O Majestic é requinte
O Piolho é popular
Um pintor que o Porto pinte
Isto não pode olvidar.
As águas do Douro cantam
Chico Fininho, talvez...
E todos 'inda se encantam
Co'o rock bem português.
Gande gala, o São João,
Toda a cidade desperta
Sempre que ganha o Dragão
são joão pela certa!
Porto vinho ou cidade
Que dupla sensacional
Portentosa qualidade
Ambos elevam o astral.
O Porto tem o seu fado
A História nos ensina
No porvir, globalizado,
O mundo inteiro fascina!
Respeito e veneração
Nos merece esta cidade
O progresso e a tradição
Se casam com majestade.
Na Ribeira, a gente boa
Alma a sangrar, dorida...
A voz do duque 'inda ecoa
A salvar mais uma vida...
E aquela esguia gaivota
Na Foz, do mar sempre à tona
Faz lembrar a Rosa Mota
A ganhar a maratona!
Porto, cidade tripeira,
Com carácter, com honor,
Nos Clérigos altaneira
Um presépio, só esplendor!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home