rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, dezembro 15, 2007

Natal de quem sofre...


Quantos excessos em gastos supérfluos poderiam minorar o sofrimento de tantas crianças?!
O despesismo excessivo de uns e... a miséria excessiva de outros...
O Natal reflecte bem
O prazer de partilhar
Pouco dá... quem pouco tem
Vê-se a crise no olhar.
Quando o desemprego grassa
Sopram ventos de pobreza
O Natal perdeu a graça
Anda no ar a tristeza.
E se a doença aparece
No amigo ou no vizinho
O beber nem apetece
E a culpa nem é do vinho...
Emigrantes e imigrantes
Consolam a solidão
No Natal só por instantes
Aquecem o coração.
No hospital ou prisão
O Natal também existe
E a dor tem o condão
De o tornar 'inda mais triste.
A crise sempre a crescer
O país tão deprimente
Querer dar e não poder
É sina de tanta gente.
As crianças sofrem mais
Quando na festa há tristeza
Dá pra sentir os seus ais
Quando o clima é de frieza...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home