terça-feira, julho 11, 2006

Preconceito!




É racista a cem por cento,
"A Mulher é na cozinha!"
É "fino" que nem jumento
Pensamento de galinha!

Mulher que fume, é megera...
Vomita ódio sem jeito
Feroz que nem uma fera
Toda a gente tem defeito!

Olhe lá, ó Preconceito,
Tenha contenção na voz
Não julgue que é um defeito
O ser diferente de nós!

Ser diferente é um direito
E nunca patologia...
Devemos ter mais respeito
Pois isso é Democracia!!!

Rouxinol de Bernardim

46 comentários:

Salvador disse...

Lindo, original e dá
muito que
pensar


1 abraço

rosa disse...

hasta siempre!

Vivis disse...

Obrigada pela tua visita,
e gostei da tua escrita , muito .
Voltarei ...
Beijo

orianah disse...

Mas que grande Blog, os meus parabéns!
Vou passar a ser visita assídua, gostei muito da tua escrita.

Um beijo...e obrigada pelo teu comentário no meu blog.:)
Até breve!

125_azul disse...

Porque em democracia, mau que seja, dizes e sentes como queres... abraço

Inês Diana disse...

Rouxinol
De facto o preconceito ainda é um mal que assola a sociedade!
Pena que as pessoas não aprendam a olhar para si com olhar crítico, ao invés de estarem sempre prontas a criticar os outros por terem e assumirem ideias diferentes!
Obrigado pela tua visita e pelo comentário... eu vou voltar para te ler! :)
Beijo

As cores da vida disse...

! :*

Anônimo disse...

Obrigada por sua visita.

um abraço...apenas.
:)

Maria disse...

E mai nada....

PiresF disse...

Segunda visita hoje e segundo encontro com poesia original que merece aplausos.
Gostei da forma como trataste este preconceito e gostei de outros aí em baixo.
Sejas bem-vindo e espero que fiques por cá muito tempo.

Ana Luar disse...

FANTÁSTICOOOOOOOOOOOOOO

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Genial!
Nem imaginas como hoje aplaudo este poema.

Ana S. disse...

Muito bem dito. Num país democrático não há lugar para preconceitos. Beijos

Casemiro dos Plásticos disse...

tu tás lá!
és garnde!
abraço!

sugcrasis disse...

Se falamos do pre conceito, deveríamos falar do pós conceito um destes dias, não?
1 AbraçoSugcrasis

Belzebu disse...

No fundo, o amigo preconceito precisa essencialmente de atenção!

Está sempre só,não vê a cores,não ouve em stereo e respira ar demasiado poluido.

Saudações infernais!

Ingrid U J disse...

Gracias por tu visita, es lindo poder compartir lo que lleva el corazón y más lindo aún cuando se sabe que eso que se comparte ha arribado a otro puerto en armonía con el sentir...

Saludos,
Ingrid

Passarim disse...

Obrigado pela visita e manigestação desolidariedade. Abs. Jarbas do Aparte.

Daniellha disse...

Obrigata pela tua visita, gostei muito da tua esctita.

Beijo.

PF disse...

Obrigada pela tua visita ao meu blog.
Quero so dizer que agora estou sem tempo, mas quero vir aqui ler o teu blog com atenção. Parece promissor.

Beijinho :)

Lu.a disse...

Uma grande verdade este poema! Tu estás lá!!!
Obrigada pela tua visita!
Quanto a mim, só posso dizer que vou passar por cá mais vezes! :)
Beijo...

Caracolinha disse...

Já te tinha dito mas nunca é demais voltar a dizer ... a forma que arranjaste para te exprimire é verdadeiramente sublime ...

Aí, aí, o preconceito ... já Einstein dizia, é mais difícil destruir um preconceito que um átomo ... ideias pré-oncebidas mas demasiado enraízadas para que nos possamos livrar delas ... as pessoas pensam assim "porque sim" ... e quando as justificações de base para determinadas posturas passam por um simples "porque sim", então, definitivmente, há muito que repensar !!!!

Fica uma beijoca encaracolada da molusca !!!!

Inhita disse...

agradeço as palavras que me deixaste no meu blog.
é a primeira vez que aqui venho e gostei do que li.
Infelizmente vivemos numa sociedade cheia de preconceitos, em que vale mais o parecer que o ser...
bj

Alma Minha disse...

Muito bem... gostei!!!
Bjs

OvelhaNegra disse...

O teu poema transcreve o que está enraizado na sociedade. Quer queiramos, quer não, uma sociedade (ainda) preconceituosa.
O direito há diferença ainda não é algo garantido infelizmente.
Um sorriso e um beijo*

Quentes e Boas disse...

pois.....!

Bjs Quentes&Bons!

miss s

Ruby Sackville-Baggins disse...

Humm... quanto às mulheres, são umas deusas ;) e a época de as abafar já terminou (ou pelo menos achamos nós)

Obrigada pela tua visita no meu quarto azul, volta sempre.

**

an ordinary girl disse...

Diferente e muito bonito.
Gosteiiiiiiiiiiiii.

um beijo

mademoiselle rouge disse...

Não digas coitada. A Valmira é aquilo que quis. Aquilo que quer. Por isso, sorri por ela.

E a Valmira também é alvo de preconceito. Porque as mentalidades ainda são bastante retógradas. Abram-se as mentes, porra!

Anônimo disse...

oh concordo!

Apeles_E disse...

obrigado pela visita e pelos comentários.

gostei especialmente do nome "rouxinol de bernardim" ^^

vou passando por cá ***

Cris disse...

Gostei da crítica em forma de texto.
Obg pela visita, deixo-te um beijo

lazuli disse...

Vim conhecer-te e ler estes poemas que são autênticas pérolas de humor e bom gosto.

Um abraço

fernanda G.

napontadocais disse...

Estou a dar uma vista de olhos no teu blog, bastante feminino por sinal, devia ter as cores do arco íris, tipo bandeira, apesar do dia já ter passado.
Mas, estás de parabens seja qual for a inclinação, ou posição que gostes de tomar. O teu blog tem sensiblidade, nota-se bem que tipo de pessoa és, e como estamos em democracia podes fazer do que é teu o que quiseres, aproveita a vida como gostas, e nunca olhes para trás, que podes ficar arrependido com o que vês.

-Sedna- disse...

Gracias por tu visita, tu página me parece muy interesante...
Te leo...
Saludos.

Solzinha disse...

Bem tas com umas teorias muito á frente mesmo..
Pena quem nem toda a gente pense assim
Bj

karla disse...

já viste, se todos fossemos iguais? k piada é k tinha? nenhuma, nao e?

beijinhos para ti...

P.S. obrigada pela tua visita... :) volta sempre

Utzi disse...

Grandes verdades em pequenos versos :)

Beatriz disse...

Olá, muito obrigada por tua visita ao meu blog.Qto ao teu, maravilhoso, tá add e podes mesmo ter teu ego em alta; muito boas as poesias. Aproveito para pedir-te autorização para usar esta ultima no mural do RH/Desenvolvimento da Unidade onde trabalho, O Pronto Socorro de Vila Maria Baixa em São Paulo- Brasil. Sou a gestora de RH/Desenvolvimento da Unidade e este texto vem a calhar para o período de sensibilização que estamos promovendo com nossos funcionários.
Boa semama
Beatriz

Klatuu o embuçado disse...

Tira o charuto da boca, sua galdéria! :)=

rouxinol de Bernardim disse...

O meu obrigado pelos comentários tão expansivos. Não merecia tanto. Contudo, modéstia a mais também é criticável...

Quanto à Beatriz:

Sinto-me honrado em figurar nesse mural, contudo devo afirmar que não sou fumador, nem vejo com bons olhos a propaganda ao tabaco..

Será que estou a ser preconceituoso?

Em Vila Maria Baixa - São Paulo - ficará bem uma nota contra os preconceitos, e o Rouxinal de Bernardim ficará honrado com a lembrança!

Um dia que aí vá, gostaria de conhecê-la e visitar esse Pronto Socorro.

Até lá, saudações verde-amarelas
para esse magnífico Povo-Irmão!

Anaritababy disse...

Rouxinol ou não
o teu cantar é interessante
E concordo sim..
que a diferença é cativante
e nunca me pareceu
menos interessante.
Obrigada pela vista aqui fica,não um Cheirinho a alfasema,
mas a flor de lotus.

Tanginika-Simone disse...

Me encanta su poesía. Siempre admiro un buen poeta.

catarina disse...

Bem..muito bem mesmo!!Obrigada pela visita!Sim os leões podiam servir para guardar o espaço, ou também apenas para companhia!

O preconceito é mau mas de qualquer forma as pessoas habituam-se...Afinal quem conhece um mundo sem preconceitos??

aliscia disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

oldtownboys disse...

I like it! Good job. Go on.
»