rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, julho 13, 2006

Filho e pai do Fado!



Do Fado és alma pura e cristalina
Como a água cantando na ribeira;
Teu canto, a amar Lisboa nos ensina
E a ver na liberdade uma bandeira!

O povo sempre exaltas com fervor
Nele te envolves, de alma e coração!
O Fado é frenesim, é pundonor,
É acendrado amor, grata paixão!

Carlos do Carmo és, filho do Fado,
Mas ousarei dizer que és pai também!...
Cumpriste a vida inteira a fazer bem!

Co'o povo andaste sempre, braço dado,
Filho sempre, mas sempre bem amado...
Filho do Fado... pai, como ninguém!

Rouxinol de Bernardim

!

82 Comments:

Blogger copa-rota said...

Venho retribuir a visita, Rouxinol...

Merecida homenagem a Carlos do Carmo, para mim, a voz fadista mais bonita de sempre.

Um abraço

8:27 PM  
Blogger -Sedna- said...

Gracias por tu visita, tu página me parece muy interesante...
Seguiré leyendote...
Un saludo.

9:08 PM  
Blogger Vanda Baltazar said...

:) Bom dia!

Obrigada pelas palavras amáveis que me ofereces!

E pelo fado, presente neste teu espaço! o Carlos do Carmo é realmente um grande senhor do Fado!

"Canoa de vela erguida...."

e assim te deixo, porque se continuasse, desafinava pela certa :))

Vanda

9:19 PM  
Blogger Belzebu said...

Carlos do Carmo é na verdade um dos maiores vultos do Fado e daí fazer todo sentido esta tua bonita homenagem!

Lamentávelmente não aprecio muito a pessoa pois acho-o demasiado vaidoso. Mas como ele passa muito bem com isso e eu continuo a gostar de o ouvir, está tudo bem!

Saudações!

11:59 PM  
Blogger Paula Raposo said...

Estou a retribuir a visita. Não conhecia este espaço. Beijos.

12:30 AM  
Blogger Dark-me said...

De facto é um senhor que vale pelo que vale.
E o fado é um simbolo do nosso pais.
Bjo

1:20 AM  
Blogger Calca-mar said...

Cá estou a retribuir a visita. gosto do blog, vou linká-lo e vou voltar mais vezes! Abraço!

3:46 AM  
Blogger Utzi said...

Com isto se fazia um bom fado! :) Muito bom.

5:03 AM  
Blogger Velutha said...

em tempos, de visita ao meu blog disseste-me que passando por aqui acabaria a minha solidão. Vim beber um bocadinho deste bálsamo.
beijos

5:43 AM  
Blogger Dae-su Oh said...

Grande fadista português. Ergue-se a alma, eleva-se a voz, bate-se as palmas.

5:43 AM  
Blogger amazing said...

Obrigado pela visita e pelo elogio.
Aqui fica a mesma receita.
Fado é fado, digam o que disserem.
É a nossa marca, apesar de se amar ou odiar.
Boa escolha!

5:54 AM  
Blogger emília couto said...

Estou em recesso no Passageira da Aldeia. Mas continuarei vindo aqui.
Retorno em breve.
Um grande abraço

8:19 AM  
Blogger PiresF said...

Eu gosto, no entanto só o aprecio verdadeiramente ao vivo, mal ou bem, foi assim que me eduquei para o Fado por influência de uma querida amiga de sempre e grande fadista.

Carlos do Carmo foi e é, intérprete de muitos dos nossos fados mais bonitos, e que interprete... O seu profissionalismo é exemplo para todos os cantores do nosso país e principalmente para os fadistas.

Excelente esta tua homenagem, que mais uma vez me surpreendeu.
...mas já me vou habituando.

Abraço.

9:19 AM  
Blogger ☆Fanny☆ said...

Olá Rouxinol!

Obrigada pela tua visita e pelo suave canto que entoaste no meu cantinho ;-)

Gosto do fado...dessas melodias que só algumas vozes conseguem ir buscar às profundezas da alma! É simplesmente mágico!

Uma herança a preservar!

Um abraço com carinho*

Fanny

1:02 PM  
Blogger alfazema said...

Bom dia rouxinol. canta e encanta este teu canto. beijos.

6:37 PM  
Blogger Nani said...

Serás sempre bem vindo ao meu momento...

Obrigado por comentares, e espero que me visites mais vezes, eu voltarei...

Até breve

Nani

8:54 PM  
Blogger kikas said...

O teu poema esta lindo.
Carlos do Carmo é um mestre em fado, sem duvida alguma

10:46 PM  
Blogger Verinha said...

Agradeço do fundo do coração o comentário no meu blog.
Fez-me sorrir... q bem q faz a alma :)
Volta sempre!
Beijinho carinhoso para ti

11:52 PM  
Blogger S&M said...

Autoria tua? Lindo Rouxinol, continua a cantar e a encantar.
Obrigada pela visita e volta sempre, pois eu farei o mesmo!!!
Beijinhos
S

11:59 PM  
Blogger Andreia do Flautim said...

Confesso que o fado não é o meu forte... mas gostei do poema:-)

12:01 AM  
Blogger Mixikó said...

Olá rouxinol..obrigada pela visita...cá estou a espreitar este canto...gostei...parabéns...quanto ao fado...adoro....sempre e não quer dizer que me sinto nostálgica por ouvir...embora há quem pense assim.

12:42 AM  
Blogger anjoedemonio said...

ah fadista!!!! bom fim de semana!:))

1:26 AM  
Blogger Lídia Amorim said...

vim desejar um optimo fim de semana!!
qt ao carlitos ele ainda ta aí para as curvas!! jokas!

1:58 AM  
Blogger _+*A Elite in Paris*+_ said...

Fizeste-me pensar no blog da minha amiga Kauthya... http://quiromancias.blogspot.com beijokas e obrigada pela visita :)

2:20 AM  
Blogger Isa Calixto said...

Ainda um dia destes...um amigo me enviou um fado que eu não conhecia, como prova de amizade, cantado por esta voz, que tu rouxinol aqui tão bem soubeste "chilrear"...

Um beijinho de bom fim de semana acompanhado pelas guitarras :)

3:10 AM  
Blogger rosachok said...

Venho retribui a visita que fizeste ao meu cantinho cor-de-rosa e agradecer as palavrinhas doces que lá deixaste :)

Espero que voltes... eu vou voltar...

Beijinhos com areia nos pés ;)

3:26 AM  
Blogger emlinha said...

Obrigado pela visita, fiquei a conhecer o teu cantinho !!bom fds

3:28 AM  
Blogger ximiusa said...

enfim obrigada pela passagem pelo meu ensaio de blog.
Mas como o teu n tem nada que ver com dietas, deixo-te o endereço do meu outro blog, com mais piada.
Até breve rouxinol.
http://ximiscrib.spaces.msn.com

3:44 AM  
Blogger Ana said...

Olá obrigado pela tua visita . Adorei o teu blog !! Sim senhor estás de parabéns !!!

Bom fds E vou voltar sempre

3:45 AM  
Blogger Joshua said...

Amigo Rouxinol, louvo-lhe essa inestimável capacidade de incluir o mundo todo, coisas, pessoas, pensamentos, na sua poesia; é sempre uma surpresa e é sempre um prazer lê-lo. Nesta aventura blogueana, estamos unidos na frente comum da justiça e da verdade que nos faça justiça.

Abração

Calculo que o nosso comum amigo Mata o visite também. Gosto daquele venerável homem à brava!!!

3:50 AM  
Blogger Caracolinha said...

Bela homenagem a uma GRANDE referência da nossa cultura ...

Beijoca encaracolada rouxinol !!!!

5:07 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro Joshua:

Não sei o blog dessa figura carismática do "desabafe", será um prazer lê-lo e receber os seus judiciosos comentários!

Quanto à Justiça é uma dama de ferro que respeito. Oxalá ela nos respeite a nós! Às vezes, parece mesmo "cega"! Sim, é preciso não olhar aos estratos sociais, económico-políticos das partes, mas "fazer vista grossa" à realidade é feio! E às vezes... ela é "cega" no mau sentido!

5:39 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro Joshua:

Não sei o blog dessa figura carismática do "desabafe", será um prazer lê-lo e receber os seus judiciosos comentários!

Quanto à Justiça é uma dama de ferro que respeito. Oxalá ela nos respeite a nós! Às vezes, parece mesmo "cega"! Sim, é preciso não olhar aos estratos sociais, económico-políticos das partes, mas "fazer vista grossa" à realidade é feio! E às vezes... ela é "cega" no mau sentido!

5:40 AM  
Blogger missixty2000 said...

Não sou apreciadora de fado!Mas ate aprecio alguns do Carlos do Carmo!Tem uma excelente voz!
beijos

6:25 AM  
Blogger Bettina Perroni said...

Suas palavras estão pleno de admiração e orgulho.

Eu não soube Carlos do Carmo mas agradece a você eu o procurarei até que eu sei a razão de suas palavras

7:23 AM  
Blogger Aninhas said...

Vim de visita e acabei por aqui me perder. Parabéns! Vou continuar a passar por cá! Vai fazer-me bem!

Ana

8:21 AM  
Blogger mafalda said...

.....
Un fuerte abrazo desde tierras aztecas. Tu poesia es hermosa (hasta donde mi capacidad de entendimiento al idioma hermoso que tu tienes llega) Comprare un diccionario y traducire de a poco. Sera que llegue a aprender algo??? Ojala.
Muchos besos para ti.

Mafalda

8:33 AM  
Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Não sei quem é a pessoa da foto e nem sei conheço complete os fados, mas sei que hé muitos que gosto e não poderia ser de outro modo, por estar o fado para Portugal, tanto quanto está o samba para o Brasil.N oentanto é sempre os demelhor qualidade e os que mais nos emocionam e encantam.Eu particularmente aprecio mais os sambas cuja letra tenha conteúdo e o rítmo seja puro... Isso por não ser o smba, a expressão musical que mais me agrada, mas enfim, o queébom merece sempre crédito.

Gostei de teu espaço e quero te agradecer por tua visita simpática e de por tuas palavras. Volte sempre que desejares.

Um abraço,
Cris

8:39 AM  
Blogger topas said...

Grande Homem grande Fadista!!!

http://maistopas.blogspot.com/

10:33 AM  
Blogger dreams said...

o teu poema encanta mais que um belo fado...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

12:20 PM  
Blogger raiz said...

Os meus gostos músicas variados tb passam por este nome incontornável! A cidade que canta não deixa de ser o oposto em luz à escuridão do meu Porto mas... eu tb sou um tipo de constrastes.

Obrigado pela tua visita e vai aparecendo, um ar fresco sabe sempre bem! Eu farei por tb voltar (escreves bem!)

12:23 PM  
Blogger Vinnie Terranova said...

Muchas gracias por la visita e mi blog!

Saludos.

1:25 PM  
Blogger Daniela Mann said...

É uma belíssima e merecida homenagem!
Um grande nome da nossa cultura.
Beijinhos e obrigada pelas palavras tão amáveis.

10:19 PM  
Blogger greentea said...

estrela da tarde


é sempre uma maravilha ouvi-la~


vê-la


senti-la

10:53 PM  
Blogger isa xana said...

Apesar de não apreciar fado, admito com satisfação a qualidade inquestinável deste fadista, pois já escutei a sua voz num concerto

*

12:08 AM  
Blogger Rosmaninho said...

Nos meus lugares também se ouvia, em tempos, o rouxinol e a ele muitos poemas foram dedicados...

Os teus poemas também muito me sensiblizaram, neste canto do Rouxinol de Bernardim.

~*Um beijo*~

1:12 AM  
Blogger Papoila said...

Olá Rouxinol:
Gostei desta homenagem a Carlos do Carmo, filho da grande fadista Lucilia do Carmo e ele a voz do novo Fado, o seu pai.
Obrigada pela visita ao meu campo.
Beijo

2:26 AM  
Blogger zezinhomota said...

Bonita homenagem que o amigo aqui prestou a um dos Resi do Fado, parabéns por isso.
Bfsemana
Um abraço
ZezinhoMota

4:00 AM  
Blogger Vanna said...

Olá, q bela homenagem. Imagino q este Carlos seja um grande representante do Fado.
Bjs, lindo dia e ótimo fim de semana.

4:25 AM  
Blogger Vida said...

Carlos do Carmo, grande embaixador do fado português, tive o prazer de o conhecer e jantar com ele aqui à uns anos, "o charmoso" como o chamam e é verdade, é mesmo muito charmoso.
Gostei da visita e do seu espaço, vou voltar.

Muitos beijinhos por aqui.

6:23 AM  
Blogger Sininho said...

Parabéns para ti, Carlos do Carmo sempre

8:24 AM  
Blogger Cris said...

Adoro Carlos do Carmo, belo post.
Um beijo

9:58 AM  
Blogger Claudinha said...

O fado... Lembro-me de meu bisavô, que os cantava para os bisnetos. Ficávamos todos sentadinhos em volta dele, que soltava a voz com uma nostalgia imensa... Beijo!

11:27 AM  
Blogger alfazema said...

Tem um bom domingo rouxinol.
beijos

8:23 PM  
Blogger Luna said...

venho agradecer a tua visita,Carlos do Carmo é um senhor no fado, daqueles como sua mãe, que ainda que passem permanecem
beijos

8:31 PM  
Blogger trugia said...

è sempre bom lembrar as nossas raizes, a nossa cultura, neste caso foi o fado e a nossa "the voice". É muito importante nesta época em que é onsiderada musica popular a musica da floribella (desculpa poluir o teu blog, mas eu prometo que limpo)

10:07 PM  
Blogger Miudaaa said...

Uma homenagem... e são tantos os heróis do nosso mundo.
Se cada um de nós se lembrar, hoje de um, amanhã de outro, estamos com toda a certeza a agradecer a todos... conhecidos, menos conhecidos... todos todos!!!
Beijo
miudaaa

11:23 PM  
Blogger Marco Magalhães said...

Caro Amigo,
Venho retribuir a visita, achei muito interessante este canto.
Certamente nos cruzaremos mais vezes.

12:02 AM  
Blogger UMA said...

Eres encantador Rouxinol, ya paseo por aquì.
Beijinhos doces!

12:46 AM  
Blogger White Angel said...

Agradeço a visita e o carinho que deixaste no meu pedacinho de céu...
Gosto da maneira que escreves, voltarei certamente...
Beijos com carinho...

1:17 AM  
Blogger Sr. Julim... said...

que lindo dessa poema
nossa gostei demais de seu flog
heuhe

1:23 AM  
Blogger Paty Maionese said...

Rouxinol querido, amei a visita tão inesperada! Adorei o blog também. Percebo que há grandes exaltações a Portugal. E se queres saber me encanta Portugal.
Não te preocupes que a minha tempestad já passou, mas se acaso voltar certamente virei aqui, aliás, virei aqui sempre.
Carlos do Carmo não conheço ainda, mas aprecio fados=)
Um BeiJo

4:01 AM  
Blogger Cleopatra said...

Obrigada pela visita ao Cleopatra. Volta sempre.

10:01 AM  
Blogger tb said...

E que bem canta este rouxinol que eu ainda não conhecia e fez o favor de ir cantar também no raminho da minha árvore...espero que cante mais vezes.
Beijinhos

6:56 PM  
Blogger Alma Minha said...

Linda homenagem...
Boa semana
Bjs

9:28 PM  
Blogger ☆Fanny☆ said...

Olá Rouxinol!!!

Que lindo cantar nos ofertaste!
O nosso FADO...o sentimento...a magia que vem da alma e a todos cativa!

Um abraço de estrelinhas*

Fanny

11:31 PM  
Blogger Desassossego said...

Cada vez mais tou a aprender a gostar de fado a deixa-lo vibrar dentro do meu corpo...
Xi e lindas as tuas palavras lá nas fendas dos momentos onde me permito ser EU...

12:22 AM  
Blogger Cecilia Cunha said...

olá Rouxinol obrigada pela tua visita e comentario! Vou voltar com mais tempo para ler com mais calma o teu blog!
Fica bem

2:15 AM  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Ah... o Fado... esse fado que sabe a Português...e já nos dizia José Régio, no seu Fado Português...


"O Fado nasceu um dia,
quando o vento mal bulia
e o céu o mar prolongava,
na amurada dum veleiro,
no peito dum marinheiro
que, estando triste, cantava,
que, estando triste, cantava.

Ai, que lindeza tamanha,
meu chão , meu monte, meu vale,
de folhas, flores, frutas de oiro,
vê se vês terras de Espanha,
areias de Portugal,
olhar ceguinho de choro.

Na boca dum marinheiro
do frágil barco veleiro,
morrendo a canção magoada,
diz o pungir dos desejos
do lábio a queimar de beijos
que beija o ar, e mais nada,
que beija o ar, e mais nada.

Mãe, adeus. Adeus, Maria.
Guarda bem no teu sentido
que aqui te faço uma jura:
que ou te levo à sacristia,
ou foi Deus que foi servido
dar-me no mar sepultura.

Ora eis que embora outro dia,
quando o vento nem bulia
e o céu o mar prolongava,
à proa de outro velero
velava outro marinheiro
que, estando triste, cantava,
que, estando triste, cantava."

Um abraço e boa semana Poética ;)

3:19 AM  
Blogger Menina_marota said...

A minha "gémea" Poesia, antecipou-se a mim... nesta homenagem a Carlos do Carmo... Filho do Fado...

Grata pela partilha

Um abraço e boa semana Poética ;)

3:22 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Só agora vi os comentários e fiquei abismado!!!

Nunca pensei que Carlos do Carmo mexesse com tanta gente!!!

Obrigado pela visita e, em especial à Poesia Portuguesa, a lembrança de José Régio, um ausente sempre presente, um "amazonas" caudaloso e cheio de personalidade que continua a desaguar nesse oceano imenso que é o coração dos portugueses!!!

A todos vós, sem excepção, o meu agradecimento pela simpática visita.

A Poesia tem destas coisas...

4:29 AM  
Blogger joão alguém said...

Obrigado pela visita e pelo elogio! Tenho feito belas descobertas nas virtuais terras portuguesas.

6:46 AM  
Blogger GRooVEziNHa said...

e ae
não, não sou de touro
huehuehue
sou leão
se bem que num acho que isso mude algo...

bjo

7:00 AM  
Blogger João Mãos de Tesoura said...

Meu caro, muito bom!
Reiniciei um blog, Enigma, que estava parado há um ano, uma estória escrita a várias mãos.
Se quiseres dar uma perninha ela será bem vinda!
Abraço

7:50 AM  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Bela Homenagem :)
Beijos e boa semana

10:27 AM  
Blogger Tons Pastel said...

encontrei o teu blog vinda do blog da sulista e como gosto de fado fiquei. gostei do espaço.
voltarei.beijos

7:23 PM  
Blogger Carlos Costa said...

O Fado é património mundial da humanidade segundo a Unesco.

Boa Semana

8:09 AM  
Blogger anatema said...

Fado es dolor
y angustia.
Es lluvia
y viento.

Fado es música
brisa en la mañana.
Es el alma que habla
el oído que escucha.

Fado es guitarra
es fuego
es canela pura
Fado es rabia
es dulzura.

Fado son los ojos
que no ven
los que miran
las manos que acarician
las que dicen adiós.

Fado eres tú
soy yo.

8:54 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Anatema:

Gostei muito dessa versão do Fado, e vou cantarolando com o meu espanhol de sabor lusíada...

O Fado somos nós, com as nossas angústias, os nossos desejos ocultos, a nossa saudade, o nosso apego à vida!

Obrigado a todos pelos comentários.

7:39 PM  
Blogger Inês Diana said...

Olá Rouxinol! :)
Bela homenagem a este grande senhor! :))
É o meu fadista de eleição, pelo seu carácter, pelo seu estilo e pela sua voz!!
É o unico fadista que não me canso de ouvir e é aquela voz que me traz memórias... que me emociona...
:))

Obrigado pelos teus comentários, beijo para ti :)

9:29 AM  
Blogger anatema said...

Hoy día 26, asistiré a un festival de Fados en mi ciudad. Lo organiza la Fundación Hispano Portuguesa Rei Afonso Henriques que tiene sede aquí.

Te diré mi impresión en cuanto me sumerja en ellos. Un saludo amigo.

12:06 PM  
Blogger Freyja said...

el Fado...es el alma que habla
tiene algo hermoso Portugal que no lo tiene nadie mas...tiene poesia en el alma
besitos



besos y sueños

12:26 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home