terça-feira, julho 18, 2006

Deus: Isenção Suprema!


Na vertigem beliscista
Convergem muitos factores:
Voragem expansionista
Culto de sacros valores
Num síndrome terrorista!

Estado-terror também
Se envolve nesta espiral
Culpa?, não é de ninguém!
Dizem que é o "Eixo do Mal"
"Eles"... são "Eixo do Bem"!...

Não tomo partido, não!
Ninguém é puro nem santo,
Ambos dão sua versão
Atacando tanto, tanto,
Mas... "vítimas de agressao"!...

Ódio sacro, sacrossanto,
Lança chamas na fogueira...
Deus?, assiste no seu canto
Sem mexer uma palheira
Deus... é isento, garanto!
Rouxinol de Bernardim

75 comentários:

o alquimista disse...

Vibrante texto em narrativa poética cinametográfica, gostei...obrigado pelas palavras, curiosamente o post anterior fala de um amigo meu o Carlos do Carmo...

Um abraço amigo

Anônimo disse...

Quem melhor que um rouxinol para cantar as palavras?
Parabéns!

Desassossego disse...

Excelente reflexão...

Xi...

Anônimo disse...

Obrigada pela visita!
Volte sempre que quiser!
Beijo

Nani disse...

Fantástico... Parabéns.

Abraço grande

Nani

Anônimo disse...

Excelente, Bernardim!
Actual e muito profundo.
Mas pegando nas tuas últimas palavras: "Deus será isento" mesmo?
Infelizmente, em nome dEle tanta mortandade... tanta violência...
Um abraço e obrigada pelas palavras que deixaste no shoshana.

CarpeDiemBeHappy disse...

Será que Deus é assim tão isento?!
Não me parece...

kikas disse...

Muito bonito este poema e leva de alguma forma a reflectir em Deus.

Pierrot disse...

Muito bom...
Grande alma e que talento.
Parabéns
Abraço
Eugénio Rodrigues

Sunshine disse...

grande reflexão..gostei imenso!! :)
e obrigada pela visita :)

Roy disse...

Tu es excepcional poeta, capturas com perfei'cao o sentimento que tantos tem, que eu sinto quando penso em minha terra e as pessoas que por la vivem, e pelos acontecimentos irracionais das pessoas que nao entendem a indiferen'ca entre ser humano e ser humano. Muito obrigado, recomendarei em meu blog.

abrax

RF

Caracolinha disse...

Tão assustadoramente actual ...

Beijoca encaracolada e encalorada ... :)

Daniellha disse...

Rouxinol...vibrante narrativa, excelente texto.


Um abraco amigo!

Bel disse...

Tem mesmo que ser isento se não tem que ser muito cinico para assistir a inumeras cenas da vida terrena.
Boa semana

Susanyttah disse...

Mto obrigado pela visita...
A poesia é uma bela forma de expressão, uma forma abstrata e sedutora no meu ver.
Gostei do que li e os assuntos abordados. Parabens!
Vai passando pelo meu cantinho que eu tb venho cá espreitar mais vezes =)

© Piedade Araújo Sol disse...

Para reflectir!!!

S&M disse...

Fenomenal!
Beijo
S

-=|Åñð®ë§§ä|=- - disse...

O poema é bonito, profundo e nos leva a refletir.

Parabéns!!!!

bjs:**

Ana disse...

Tema que ,infelizmente, continua actual e sobre o qual as tuas palavras ajudam a reflectir.
Um beijo.

Vanna disse...

Concordo plenamente.
Ele fica sem poder tomar partido, já q todos amam, matam,julgam e condenam em Seu nome.
Bjs, lindo dia.

amigona disse...

Gostei...bastante!

Cleopatra disse...

Dizem que é o "Eixo do Mal"
"Eles"... são "Eixo do Bem"!...


É sempre assim eu sou o bem
Tu és o mal.. a não ser que penses como eu penso!

Cleopatra disse...

Esqueci de dizer que a visão em verso da actualidade internacional,.. está perfeita.

Claudinha disse...

Deus é isento, eu também garanto!
Beijo!

Afeiticeira disse...

A humanidade é dual.Por isso mesmo todos temos o bem e o mal dentro de nós.Parabéns.gostei muito.

Velutha disse...

na guerra é sempre assim. valores mais altos se levantam.
beijos rouxinol. gosto do teu cantar.

Dark-me disse...

A tua filosofia está mo bem reflectida. Concordo ctg!
Bjo

Isa Calixto disse...

Mas que belo canto Rouxinol!
Vítimas de agressão
Irmão contra irmão...Deus culpado?
Mas é claro que não!!!!

Adorei, o fazer acontecer poesia
Nesta dor do mundo da hipocrisia...

Um beijo de carinho

Jardineira aprendiz disse...

Bem dito, Rouxinol, o ódio só se serve a si mesmo e à miséria humana.
Obrigada pela visita, gostei de vir conhecer o canto do Rouxinol!

topas disse...

Soa bem...

http://maistopas.blogspot.com/

Vida disse...

Como escreves bem e nos levas a meditar sobre temas muito importantes e tão constantes.

Beijinhos com carinho.

DE PROPOSITO disse...

Obrigado pela visita.
Um poema interessante, sobre o qual partilho as minhas idéias e tenho opinião identica.
Tudo de bom na vida.
Gosto de ouvir fados, mas, nem sempre.
Fica bem.
Manuel

mitro disse...

Afinal o meu amigo, também tem uma valente veia poética!
E gostei deste... Mas não acho que Deus 'não mexa uma palheira', cá pra mim tá a faiar a espada, e vão rolar cabeças!

Alma Minha disse...

Gostei...
Deus é isento...
Bjs

Casemiro dos Plásticos disse...

gostei muito:)

AS disse...

Essa isenção é um sofisma! A isenção não se proclama pratica-se...

Obeigado pela tua visita. Apreciei muito o que vi por aqui...

Um abraço

Por uma lagrima disse...

Lindo...
Divino...!
Bjo

daniel sant'iago disse...

Entre eixos... do Bem e do Mal... cabe-me optar.
E haverá semi-eixo?
;-)

daniel

Hilda disse...

Rouxinol que canta poesia e nos faz pensar ...
Deus: Isenção Suprema!
Sim, Deus nos ensina e mostra caminhos e nos deu o lívre arbítrio ...
Parabéns da Casa da Sogra.

Velutha disse...

esta vertigem belicista que tomou o mundo deve-se a factores de ordem económica ...e sempre se deveu. Sejam quais forem as razões invocadas para desencadear uma guerra todas elas estão relacionadas com a riqueza que daí pode advir que se sobrepõe a todos as outras.
beijos grandes rouxinol

confusa disse...

Muito bom! Uma maneira diferente e original de expressar uma opinião!

Mikas disse...

Obrigada pela visita. Talento não te falta. Volta sempre. Beijinhos.

Ana disse...

Como é que eu não conhecia este blog?
Parabéns!

Daniele disse...

Vim agradecer-lhe imensamente pela visita e pelas palavras tão doces no que tange ao meu blog !
Estou me deleitando, diante da arte, da poesia, de tanto lirismo que há em suas postagens...!
Magnífico, soberbo...!
Eu gostaria de pedir o seu consentimento para que eu faça um link no meu blog para o seu. Se permitires, por gentileza deixe um recado no meu blog anuindo. Assim poderei estar sempre cá, me deleitando e comentando....!

Beijos no seu coração.

White Angel disse...

"Deus... é isento..."
Eu também acredito...
Beijos com muito carinho...

Anônimo disse...

Olá... vim agradecer as tuas palavras no Experiências que cessou dando lugar ao Sombras... nem sei bem que dizer.

Este teu poema é bastante interessante.... temos formas muito diferentes de escrever mas a paixão pela palavra é comum ;)

Abraço.

missixty2000 disse...

Penso que o mal e o bem fazem parte integrante do ser humano! Nunca seremos perfeitos! E se o fossemos talvez fosse uma monotonia!!

Paula Raposo disse...

Actual e arrasante. Beijos.

Mare Nostrum disse...

Agradeço em palavras a tua visita, os teus escritos, e que alimentes essa veia poética...tens muito para dar!

mayda disse...

Bem és tu o autor???? ADOREI...parabéns


jocas

Anônimo disse...

Bom dia Rouxinol,
antes de tudo,obrigada pela passagem la no meu cantinho e das tuas palavras que valeram ouro!
Quanto ao teu post....concordo plenamente contigo....a minha formação foi sempre em colegios particulares religiosos, em que nos tentavam 90% incutir-nos uma determinada linha de pensamento, que certas coisas eram tabu, logo,não poderiam ser feitas, faladas,discutidas e na maioria das vezes recriminada!
Como se fossemos literalmente ovelhas, que tivessemos de seguir todas o mesmo trilho,sendo visto de uma forma diferente que assim saisse da linha!
A igreja hoje em dia, tem de se renovar...caso contrario começa a "perder o seu poder",tem de abrir a sua mentalidade....adaptar-se á sociedade.....e acima de tudo aceitar o que apregoa!!!

Hoje em dia, a igreja católica a meu ver, são aquele grupo de feirantes que jesus cristo lhes chamou de parasitas da sociedade,aproveitadores, que fazem um ou outro bem....mas com olho nalgum lucro!
(...) tanto haveria para dizer...

Um abraço

Camila. disse...

obrigado pela visita ao nosso blog. espero q continue a visita-lo. gostei muito do seu tambem.
_kk

Camila. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Camila. disse...

Obrigado pela visita de ''longe''...se tiver alguma sugestão sempre é bom!Adorei a ideia do seu blog os textos são muito bons!vou passar sempre por aqui!
beijos
Marcella
P.S:A minha ja passou por aqui também né como somos 3 acontece

Joshua disse...

Rouxinol, essa pergunta que afirma, esse inconformismo que pede e deseja Deus é já Deus a falar sob a forma de fome, de sonho, de falta: a falta que fala.

Longa vai a tradição da ruptura com Deus, mas repara que parte dessa ruptura não se conforma com o facto de Deus estar completamente desmencionado e desmencionável em qualquer discurso escrito ou oral das nossas sociedades, mas ainda com a necessidade de nomear o conceito «Deus» para ainda o esvaziar melhor. A isso chamo a fome que fala, a falta que nomeia.

Não crer tem de ser não nomear, não conceber: isso será um ateísmo consumado.

Por mim, falo-te do âmbito da fé num Deus que não é conceito de que se fale, numa manifestação d'Ele irredutível da plena afirmação do ser humano na sua absoluta dignidade e no seu absoluto destino de glorificação na carne.

Abraços

E sempre a considerá-lo

Joaquim Santos

Daniele disse...

Seria um Feitiço de Complementares ? Sentidos etéreos sublimam-se, tornando-se latentes. Lirismo e poesia transparecem ! Entao, em meio ao caos complexo de ideias, suave e lentamente evidencia-se o belo interior, imanente de ideais universais e puros, regido por esse sentimento, que denominamos amor...!(By Daniele)

Venho lhe desejar um ótimo fim de semana, permeado por nuances, gamas na fina escrita...!

Beijos,
Daniele.

Lobo Branco disse...

Muito bem elaborado o poema. Realmente, creio que, dentre as partes em conflito, não há, efetivamente, um vencedor ou um perdedor, visto que o lado por muitos considerado "do bem" vive em eterna apreensão... Creio, somente, numa coisa: as pessoas das famílias despidas do conforto alcançado pela minoria ardente e imperativa, sobretudo pelos mentores da massa política que envolve o embate, continuam pondo as mãos sobre os olhos, a fim de tentar descobrir a chegada do próximo pássaro negro mortal, o qual, ao leve contato do pretenso alvo, explode com tanto ímpeto que esmaga as esperanças, porventura tardias. Ótimo o seu blog.

Ana S. disse...

É dificil perceber quem pertence ao bem ou ao mal. Depende muito do ponto de vista. E Deus...abstem-se. Beijo

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

intenso.
Beijos e bom fim de semana

Deusa Misteriosa disse...

Olá
gostei do teu cantinho
e do jeito que tu ves a vida
:)))))))))
beijooooooo

Isa Calixto disse...

Voltei, para desejar um bom fim de semana

E deixo um beijinho!

Andreia do Flautim disse...

Tanta coisa acontece de mal que nos perguntamos se realmente existe Deus...

Alvaro Gonçalves disse...

Oi amigo,

Obrigado pela tua visita ao meu cantinho.
Desejo-te um bom fim de semana e uma semana cheia de luz em teu coração.
Xi - corações mil.

OvelhaNegra disse...

Bonita a imagem escolhida. A pintura do Michelangelo no tecto da Capela Sistina. A criação do Adão.
Quanto ao teu poema:
Belo.!!
O Eixo do Mal para uns, é o Eixo do Bem para outros.
Falas na isenção de Deus... Pergunto: Poderá uma coisa criada pela mente do Homem..ser isenta?

Não me alongo mais. Apelidarias-me de herege. Risos.

Bom fim-de-semana.

Um sorriso e um beijo*

Joshua disse...

Rouxinol, então? Estarás de férias?

Aguardo pelas tuas simpáticas palavras habituais.

mixtu disse...

deus a existir é isento...

cumprimentos monárquicos

Albahaca 05-06 disse...

Hola! vengo a agradecer la visita. No hablo portugués. Algo entiendo. Veo que eres un ruiseñor con las letras.
Saludos desde México!

Rosalina disse...

eu tenho dúvidas quanto à isenção de Deus...quanto ao texto, só me lembro de uma palavra: explosão.

Su@vissima disse...

Pois....o que se "atropela" em nome de um qualquer deus.

Gostei :)

Um beijo

olhar disse...

Em nome de Deus de deuses se cometeram até hoje as maiores atrocidades da hist´ria.

O Homem é um animal predador da pior espécie. Mata por matar.

Pena mas estou certa de que vou morrer sem saber o que é Paz.

abraço

Marlene Maravilha disse...

Deus criou o homem perfeito. O homem é que se perdeu.

Marco Magalhães disse...

Meu amigo,
Muito obrigado pelas tuas amáveis palavras. Mas de Parabéns estamos Todos, que tentamos ornamentar a realidade com belas palavras... Fazendo do simples quotidiano uma linda obra de arte.
O meu amigo é nisto um verdadeiro artista, como bem demonstra neste magnífico texto. Pois se não é fácil fazer poesia com amor, quanto mais com a guerra.

onfoyou disse...

Here are some links that I believe will be interested

oldtownboys disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»

aliscia disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»