rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, setembro 18, 2010

Liberdade, responsabilidade...amizade...


Uma paixão desmedida
um amar perdidamente
sem conta peso e medida
aquele olhar, docemente...
tão sequioso de amar
'stava ali à minha frente
seria eu a sonhar?
que sonho magnificente!
Não, essa paixão existe
na plenitude platónica
palpitante, não desiste,
e sorri, de forma irónica
é paixão intemporal
é a vida em plenitude
vibração descomunal
a mais excelsa virtude!
E no peito aprisionada
qual vulcão adormecido
essa paixão delicada
não foi um tempo perdido
foi semente de ternura
que a terra guardou com jeito
é um sol que 'inda perdura
e brilha dentro do peito!

Marcadores:

10 Comments:

Blogger SAM said...

Amigo Bernardim,

tão bonito! Um sol que brilhou no meu peito.Obrigada.


Bom fim de semana. Carinhoso beijo.

4:49 AM  
Blogger Solange said...

quem ama, tem o universo dentro de si..
bjs.Sol

4:52 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

SAM,

Quem diria?!Brilhou aí?
Tão longe?!
Vou começar a cobrar taxa de iluminação pública!!!
rsss

4:53 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Solange,

O universo?!
E isto é apenas uma amostra!...

4:54 AM  
Blogger André Auke said...

Enquanto uma luz brilhar em meu peito... Seguirei...

Olá Rouxinol.
Muito obrigado pela visita e comentário no meu blog.
Seja sempre bem vindo.
Abraços.

5:34 AM  
Blogger tulipa said...

Belo poema que partilhas connosco.
Segui o teu raciocínio e, encontrei nas palavras paixão, vulcão e vibração o contexto da tua poesia.

Sabes que, em Outubro, devo passar por aí, pois tenho uma prima minha que montou aí mesmo um atelier de reiki e outras terapias de influências orientais e quero visitar e quem sabe experimentar...

Mas...antes de Outubro, esta semana que se aproxima vou finalmente estar a sós, de férias, em silêncio e em sintonia com a profundidade dos meus pensamentos e dos meus actos. Espero quando chegar poder dizer que “foi óptimo”!!!

BOM FIM DE SEMANA.

7:14 AM  
Blogger Maria Soledade said...

Olá Bernardim; Todo o poema é a verdadeira essência do amor...

Beijinhos...

2:03 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

tulipa,

Seja sempre bem-vinda, quem vier por bem... é óbvio...

cmpts

7:15 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Maria soledade.

enfim, há quem diga e até concordo. Amor à vida, aceitando o passado, agarrando o presente e vislumbrando sempre com amor o futuro...seja ele qual for...

7:16 PM  
Blogger carmen said...

Obrigada pelo seu comentário no meu blog.
Pena que quando fui ao Porto noa te conhecia.
Amei teu poema, traduz teu espírito sensível e amoroso.
Bjs, apareça sempre
Do Brasil
carmen

4:57 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home