domingo, setembro 12, 2010

Comentar ou não eis a questão!


Se comento, lá dizem que não passo de um comentador, se não comento acusam-me de cobardia...
Enfim, é-se preso por ter cão e por não ter. Cavaco tem sido acusado de não falar, guardar tabu. Ele próprio já acusou publicamente os seus assessores (no caso da plantação da notícia das escutas à presidência...) de o aconselharem a falar e nada dizer...
Agora a socialista Edite Estrela fez comentários pouco abonatórios sobre a sua postura na questão das alegadas escutas. Ele, cumprindo a sua estratégia, diz que não comenta. Ver aqui.
Sejamos honestos: ele não tem nada para dizer! quem fez uma comunicação ao país que nada disse, apenas foi conversa fiada, que vai dizer agora?
Ele conseguiu um quase consenso de críticas na altura. Será que vai manter o silêncio por muito tempo?!

3 comentários:

Miguel disse...

Com graça - ou sem nenhuma -, esta situação em que o nosso Presidente anuncia novos silêncios sobre questões importantes (logo ele que não tem feito outra coisa) surge depois de ter afirmado que o povo precisava de saber das coisas, de estar informado. Então, em que ficamos, senhor Presidente?

rouxinol de Bernardim disse...

Apregoa-se a verdade, só a verdade!

Dizem todos (sem excepção) nos discursos grandiloquentes, nas tiradas oratórias na AR e nos dias festivos, mas na prática continua a mesma sombria obscuridade, a mesma penumbra ominosa a plasmar o nosso quotidiano.
A CHOLDRA continua, diria o Eça...
A VERDADE AMORDAÇADA, direi eu!

Táxi Pluvioso disse...

Aquelas socas parecem servir-lhe.