rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, agosto 24, 2007

Aldina Duarte: o aroma de um Fado imortal!


Alma pura e cristalina
Uma voz celestial
Água pura, esta Aldina
Neste mar que é Portugal!
O Fado tem mais encanto
Nesta voz que nos fascina
Por isso gostamos tanto
Do Fado na voz de Aldina!
Na alma penetra bem
É tónico sem igual
Por isso é que o Fado tem
Sido canção nacional!
Aldina, grata fragância,
Flor neste Fado-jardim...
A mais discreta elegância
Com cheirinho de alecrim!
E quem a História fizer
O Fado não pode olvidar
Aldina, se Deus quiser,
O há-de imortalizar!!!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home