rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, setembro 01, 2006

Eugénio de andrade: Magistral!


Foste "Amante sem dinheiro"
Poetaste o vero amor...
Nada ficou no tinteiro
Desabrochaste, qual flor!

De um erotismo sadio
Criaste ternas imagens
Deste caudal a um rio
Extravasando nas margens!...

De poesia inundaste
Uma cultura de "brutos"...
Do fascismo tu troçaste
Com tuas mãos e teus frutos!...

Bardo maior, te respeito,
E coloco em pedestal,
Daqui o meu simples preito
A Poeta magistral!

Tuas palavras: que aroma,
Que perfume, que fragância!...
Não ficaste na redoma
Bolorenta da jactância!...

Tua humildade serena
Inebria e faz sonhar
Ler-te, vale sempre a pena
Tua pena é lapidar!...

Rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home