rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, julho 01, 2016

HOJE, HÁ PORTUGAL vs POLÓNIA

Vai ser aqui, logo, pelas 20 horas, o grande embate entre as seleções polaca e portuguesa.
Que esperar? que medidas tomar? quais os pontos a recear?



  Este é o perigo número um. Deixá-lo
à solta pode ser... a morte do artista! 

A Polónia é uma equipa de operários, fortes, rápidos, sincronizados. A estrela é o avançado Lewandowski do Bayern de Munich que exige atenção especial. Ainda não marcou e está mortinho por fazê-lo! deixá-lo sem marcação especial é sobranceria, ingenuidade até. Talvez o Bruno Alves (fresco que nem uma alface) seja o jogador ideal para o marcar.
Os nossos centrais devem ser possantes, calmos e atentos. A dupla ideal será Pepe e Ricardo Carvalho.
Os laterais devem ser rápidos e fortes no contacto físico. Talvez o Cedric e o Eliseu (muito embora lento...) sejam os ideais.
No meio campo, além do Bruno Alves (em marcação direta) seria oportuno jogar o William de Carvalho tendo à frente desta dupla o jovem Renato Sanches ou Adrien Silva
Na frente um trio de artilheiros com Quaresma à direita, Nani à esquerda e Ronaldo como falso ponta-de-lança, deambulando nas imediações da área arrastando atrás dele os centrais...

jJoão Moutinho poderá ser útil a jogar quando estivermos a ganhar e for preciso reter bolas e cansar o adversário. No ínício é desaconselhável pois quebra o ritmo e dá oportunidade à recolocação da defesa não surtindo efeito a surpresa...João Mário poderá entrar na segunda parte para render alguém já saturado, nunca de início!
Jogar com bloco alto e com jogadas envolventes defendendo com muitos (sete ou oito) e atacando igualmente com vários jogadores (cinco ou seis...) conforme a dinâmica e a actuação do adversário o permitir...

Que a sorte proteja os audazes. E que os audazes sejamos nós!