rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, novembro 04, 2013

Menezes, o purgante...

Menezes quer purgar o PSD. Diz que quer expulsar os militantes que o criticaram. Ele quer fazer uma purga urgente no partido. E se ele se purgasse a si próprio?

Vejamos:
1- Assustou os mercados ao dizer que ia fazer mais tuneis e pontes sobre o douro, atiçando as chamas do despesismo, lançando achas para a fogueira das obras faraónicas sem rentabilidade imediata no tecido económicosocial, servindo apenas para saciar os apetites de um lóbi bem conhecido que lhe pôs a mão por baixo em Gaia...

2- Lançou, durante a última campanha para as legislativas, um labéu obscuro sobre o CDS no tocante aos submarinos, sem concretizar, sem ir ao ministério público fornecer dados concretos..

3- Lançou críticas (farpas mesquinhas) ao líder social-democrata do Porto (Rui Rio) por ser comedido nos festejos sanjoaninos e por não ir muito em futebóis: Sabe-se que os futebóis em Gaia deram votos mas contribuiram fortemente para a labareda despesista...

4-  Diz que houve uma campanha jornalistica contra si, mas foi precisamente o contrário: sobretudo o JN
 fez uma campanha desonesta, não isenta, não imparcial, dando-lhe mais espaço ao longo dos últimos meses do que a todos os restantes candidatos. Sobretudo a rampa de lançamento foi  de tal forma excessiva que houve queixas públicas dessa parcialidade notória em detrimento de todos os outros candidatos. Soube-se que houve uma factura de mais de meio milhão de euros paga pela camara de Gaia ao referido jornal. Num curto espaço de tempo (seis meses) o JN embolsou grossa maquia em publicidade, o que nos remete para comportamento similar na Madeira, onde as pessoas começaram a punir eleitoralmente tais metodologias. Os cidadãos do Porto, tal como os da Madeira puniram exemplarmente tais métodos...

Mais, muito mais haveria a dizer, sobretudo por ter convidado e desconvidado um candidato para Gaia o que deu azo a uma divisão cujo responsável foi V. Exa, redundando numa derrota perfeitamente evitável para o PSD. Ora, v. Exa perdeu duas camaras: a do Porto e a de Gaia!!!

Por que não tem a dignidade de abandonar o partido que prejudicou de forma tão flagrante?
Em vez de por o dedo acusador nos outros, faça um exame de consciência e assuma as suas graves responsabilidades, pedindo a demissão. Seja ao menos uma vez honesto consigo próprio, com a sua consciência, com o partido que o apaparicou sempre em tudo  e que lesou de forma tão gravosa e irresponsável.
Não tem coragem? 

J. Leite de Sá
militante da cidadania

Será que Marinho e Pinto tem razão quando fala na corrupção jornalística? então a carapuça vai inteirinha para o JN de  Tavares, o responsável por esta conduta parcial, não isenta.

http://www.jn.pt/opiniao/default.aspx?content_id=3513037