rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, novembro 13, 2013

A novela do orçamento 2014...

Recessão, mais recessão,
Dívida sempre a crescer
Um povo a água e pão
Corre o risco de extinção
À fome... tem de morrer...

Um é Branco, outro Maduro...
Só zurrapa, fraco vinho
Ingénuos em estado puro
Geram sempre mais um furo
No cinto do Zé Povinho.

Só a triste austeridade
Investimento a falhar
A corrupção à vontade
Corruptos em liberdade
Nos jornais sempre a palrar.

Um orçamento sem alma
A montanha... da ilusão;
Ao povo, só pedem calma
Os barões levam a palma
A fatia de leão.

A banca é só corrupção
E o povo paga a fatura
É tão leve a punição
A lei protege o ladrão
Que o país jamais tem cura!

J. Leite de Sá
Novembro 2013