rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, novembro 28, 2013

ACABADO SILVA um pedagogo....

                                             Professor Acabado Silva, o pedagogo da Contra Informação...

Uma das causas da crise actual em Portugal foi o termo do programa televisivo Contra Infornação.  Ele funcionava como válvula de escape, como terapeutica adequada para contrariar as doses macissas de narcotelevisão   com que o governo e os detentores do poder económico nos fustigavam.

Digo com sinceridade: preferia ouvir o professor Acabado Silva ao professor Cavaco Silva!

O primeiro era genuino, frontal, com o coração ao pé da boca; o outro, era um fingido, um postiço, um enfeudado, um capturado...

Que saudades tenho do professor Acabado Silva!  Merecia uma estátua!

Se ele existisse ainda (Deus o guarde em lugar seguro e no esplendor da Sua Glória...) talvez dissesse o seguinte sobre a vida actual do País:

«Portugueses!

Mais uma vez vos estou a acusar de masoquistas. Vós elegestes um parlamento que faz um orçamento miserabilista, que não vai resolver porra nehuma! Nem a crise, nem o défice, nem a dívida...

Todos podem ver que é asfixiador da economia, não expande, antes asfixia o mercado interno, estrangula o desenvolvimento, longe de dar coesão social aumenta ainda mais a exclusão!

Portugueses!

Sois mesmo masoquistas!

Em vez de os representantes do povo vos presentearem com um orçamento que queima as gorduras excessivas dos latifundiários das grandes superfícies, esses nababos que exploram os pequenos e médios produtores, pagando a longo prazo e a preços miseráveis, tendes um orçamento que leva ao miserabilismo total os pobres, os remediados e a classe média  pois é das gorduras deles  que o orçamento se alimenta..

Este orçamento vai engordar ainda mais os grandes financeiros e detentores do controlo da banca (e da informação que é seu salétile...) e vai empobrecer os já famintos deserdados da sorte...

Já basta de masoquismo. O governo não merece tolerância e quem lhe põe a mão por baixo, esse  amigalhaço  de Boliqueime, idem aspas!!!