rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, junho 28, 2012

PAULO MACEDO


Hoje em dia, quando todos os cidadãos são confrontados com economicismos absurdos em todos os setores, o da saúde brada aos céus. Sobe isto, sobe aquilo, no entanto as fraudes sobem em espiral...A saúde está muito doente. Sofre de falta de supervisão eficaz. Sofre de laxismo a vários níveis, nomeadamento nos Centros de controlo de facturação.Megafraudes vão-se sucedendo a um ritmo alucinante e as pessoas interrogam-se como é possível isso acontecer?

Fala-se em milhões, dezenas de milhões de euros. Foi a chamada «Máfia das farmácias» há uns meses atrás. Agora surgem dados  sobre medicamentos de elevados valores e quase totalmente subsidiados  pelo Estado onde a sobrefaturação e duplicação de pagamnetos (envolvendo exportações iícitas também...) são uma constante. VER AQUI...
http://www.publico.pt/Sociedade/ministerio-diz-que-fraude-pode-ter-afastado-medicamentos-essenciais-do-mercado-nacional_1551933
Será que há conivências a vários níveis? Como é possível furar as malhas da supervisão?Era bom começar a dotar  com  meios eficazes (supervisão à própria supervisão...) certas entidades e talvez fazer uma certa rotatividade a fim de evitar possíveis laxismos com cheiro a cumplicidade...
O ministro Paulo Macedo, que acredito ser homem competente, sério e honrado, deve começar a pensar em gastar um pouco nestes mecanismos como forma de evitar fraudes ou preveni-las  em tempo útil.O país não se compadece com ingenuidades. Há que cortar a direito.
A doença deste país dá azo a que alguns enriqueçam rapidamente e não seja possível recuperar património ou valores, dada a falta de eficácia da justiça neste domínio. Daí a prevenção precisar de uma atenção mais cuidada.

É de lamentar que um país com tantos observatórios e tantas entidades de controlo, nada se faça e continuem a surgir escandalos e mais escândalos. Máfias das sucatas, máfias das farmácias, será que há também máfias no fisco e nos centros de controlo de faturação?
Dr Paulo Macedo: há que abrir os olhos pois o país vai-se afundando à vista desarmada...

2 Comments:

Blogger Emoções! said...

Oi meu anjo.
Tentei seguir-te.
Não consegui.
Um cheiro
Vem pra cá!
Eu! Leilinha

11:50 AM  
Blogger Emoções! said...

Oi meu rouxinol
Sublime é tudo aquilo que vem de Deus
E nos torna gente melhor.
Seu carinho na minha página é sublime.
Cheiros
Eu! Leilinha

4:07 AM  

Postar um comentário

<< Home