quinta-feira, junho 07, 2012

Fado Portugal



Nem um cigarro me conforta
Este país é uma desgraça
A bela Inês há muito é morta
Camões já chora... e não disfarça!

Nem um cigarro me conforta
Nada me faz sentir melhor
O país cai, ninguém se importa
Tudo vai de mal a pior!

Moral e honra emigraram
O dinheiro?!Esse voou!
No estrangeiro todos ficaram
Só ladroagem cá ficou!

Inditosa Pátria, de tanga!
Governação?, ilusionismo!
Demagogia é nossa canga
Portugal caíu no abismo!

2 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Eu não parto e não roubei nada a ninguém! :-))

Abraço

rouxinol de Bernardim disse...

Eu vou partindo a loiça toda de vez em quando até me ouvirem...