rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, janeiro 07, 2011

Correio da Manhã: enriquecimento ilícito...

Este homem limitou-se a aproveitar as oportunidades que a legislação actual permite...
À sua maneira foi um trabalhador incansável. Há quem diga que algum deste monte de notas também serviu para financiar campanhas!!! Alguém consegue provar isso?!
Alguém das cúpulas da macroestrutura estatal terá interesse nisso? Se calhar quase todos os partidos já beberam desta fonte inquinada. Por isso esta petilção do CM pode não ter pernas para andar...Há tanto Frei Tomás por aí!!!






Uma petição a fim de se legislar em ordem a combater o enriquecimento ilicito é uma louvável iniciativa que já há muito os políticos de bom senso deveriam ter tomado.

A qualidade da democracia exige-o. O respeito pela dignidade de quem trabalha honestamente e passa dificuldades impõe-no. O povo português anseia por essa lei há muito...
Vemos por aí gente que vive do tráfico de influências e do branqueamento puro e duro de capitais e ostenta sinais exteriores de riqueza que ofendem...o comum dos cidadãos.
Joao Cravinho bem o tentou na AR. Maria José Morgado está farta de insistir nisto mas é uma voz a bradar no deserto.
Quase todos os partidos sabem que o actual status quo é que está a dar...
É lamentável que um PR que sempre diz lutar pela coesão social não pugne por esta forma de combate, envidando, a contrario sensu, pela caridadezinha como forma de conter as bolsas de pobreza que vão proliferando por aí... Inverte as coisas de forma capciosa...
Há quem tente apenas tirar as dores ao paciente sem ir à raíz dos problemas. O mal da economia portuguesa não é a chaga que está visível a olho nu__ desemprego, miséria, fome, ...__ é a causa disso tudo: a corrupção que medra e gera discrepâncias gritantes entre os cidadãos...

Confundir as causas com as consequências tem sido o erro de palmatória deste PR. Fala sempre na necessidade de ajudar os pobrezinhos, de ajudar quem sofre e passa necessidades, mas não vai ao âmago do problema: os que abundam por aí traficando influências e delapidando recursos do Estado que poderiam ser aplicados em fins mais construtivos(sabe o que é o CUSTO DE OPORTUNIDADE, senhor PR?!). Essa é que é a magna questão. O PR foge a ela como o diabo foge da cruz!
Alguém o ouviu a verberar publicamente os Dias Loureiros e os Oliveira e Costa, delapidadores da economia nacional, agentes directos de uma das maiores poucas vergonhas nacionais?!
Ouviu-se apenas defender o cidadão Dias Loureiro no conselho de Estado, e defendeu-o à outrance, quando já não havia ninguém no seu perfeito juízo a acreditar na sua inocência!!!

O país está cheio de ingénuos úteis... que não conseguem descortinar isto. Nesse lote não posso incluír o actual PR: ele é tudo menos ingénuo...

5 Comments:

Blogger amsf said...

O caso Cavaco/SLN (e não BPN como se diz por ai)é suspeito porque:

1º - Não foi só Cavaco que comprou as referidas acções nesse mesmo período, a filha teve o mesmo palpite;

2º - Aparentemente são pessoas que não costumam investir em bolsa (tal como não costumam ler jornais);

3º - Tiveram muita sorte (140% de lucro) com essas acções;

4º - As acções não estavam cotadas pelo que alguém teve que as comprar (ano e meio depois ?!) com essa margem de lucro;

5º - A família Cavaco foi induzida a comprar as acções e premiada com esse lucro - lembrem-se que não estavam cotadas - como forma de o premiar ou de o tornar cúmplice da roubalheira.

Se ele correspondeu às expectativas de quem lhe fez a recomendação e de quem lhas comprou posteriormente (possivelmente a mesma pessoa/instituição SLN) não sei.
A verdade é que ele afirmou que nunca erra e este resultado de 140% prova-o!
E se formos a acreditar que nas palavras dele qualquer um de nós terá que nascer, morrer e ressuscitar para ser mais honesto que ele. Eu infelizmente não consigo!

7:23 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

amsf:

Acho que não devemos meter a filha no mesmo saco.

AGENTE POLÍTICO, e de topo, é o pai. Ele é que está em causa!

Diz ter um COMPROMISSO COM A VERDADE. Contudo, se a verdade é incómoda («suja» na sua visão sui generis...) então acha mais prático ter um COMPROMISSO COM O SILÊNCIO...

É um hilário este economista de Boliqueime! Nós, os que alguma vez votámos nele (já o fiz uma vez...), somos uns otários...

Dá-me vontade de rir quando ele diz, com aquele esgar petulante e auto-convencido que não é comentador...só comenta quando lhe dá jeito...

9:24 AM  
Blogger carlos pereira said...

Meu caro amigo;
Mais um caso flagrante de chico-espertismo!.
A mim já não me engana, como não me enganam todos os pseudo defensores do povo.
Mas como diz e muito bem, o país está
cheio de ingénuos úteis que permitem que o regabofe continue e, certamente, nas próximas eleições lá estarão a dar o voto ao "irrepreensível" professor.
Um forte abraço.

11:33 AM  
Blogger amsf said...

O caro amigo parece ser um pouco ingénuo...

A filha do Cavaco aparece na minha argumentação simplesmente porque é um forte indício do que pode ter acontecido. Não é comum um pai e uma filha investirem por coincidência nas mesmas acções especialmente quando estas não estão disponíveis no mercado normal para qualquer um comprar. E a venda simultânea também me parece ser muita coincidência. Sem mencionar que o Cavaco parecendo ser muito conservador nos seus investimentos e suponho que a filha também não investiriam montantes tão elevados sem terem um "feeling" de que era um "negócio garantido"!

12:00 PM  
Blogger Táxi Pluvioso said...

E quem nos salva do enriquecimento lícito?

10:09 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home