sexta-feira, fevereiro 26, 2010

CUBA: um mártir da liberdade...

Mais uma vítima mortal do regime castrista. Terminou a greve de fome de forma radical: a morte!

Ainda há pessoas que são presas por quererem ir ao seu funeral!!! Ver aqui este monstruoso regime!

Ao ponto a que chegou para garantir a perpetuação no poder de um regime que, a pretexto da defesa das liberdades do povo, acorrenta-o e violenta-o a ponto de preferir morrer a ter de continuar a viver nesta orgia despótica!

Sócrates ainda não chegou a este ponto, as condições subjacentes não o permitem. Mas é tão amigo de Hugo Chavez (o tal que diz haver uma máquina americana que faz terramotos!...), tem um ADN tão parecido, que estou em crer que daqui a uns anitos, continuando este ataque feroz ao Estado de Direito (só um invisual ou um politicamente grato o não vê...), Portugal caminha para uma cubanização em grande escala. Ao assistir aos relatos (ainda não desmentidos por ele...) de que cria condições para afastar «gajos» e gajas» incómodos, ele tem a plena consciência da sua impunidade, tem a ciência certa de que tudo dará «em nada», dado o perfil da guarda pretoriana que o suporta. Isto é insuportável num Estado de direito autêntico! Gozar com as malfeitorias e assumir uma postura de escárneo é não só preocupante mas até patológico! Faz o mal e a caramunha com a mesma perícia de um histrião de feira!...

A mordaça à comunicação social (na esteira dos ensinamentos de um Goeballs...), o uso do poder económico ainda afecto ao Estado para criar propagandismo laudatório ao regime é alarmante.

A censura explícita ou implícita está a minar a credibilidade do próprio regime. Criaturas como Pinto Monteiro (sobretudo depois do que se sabe agora...) são paradigmas.
Como é que ele (PGR) pode garantir que não houve fuga de informação da PGR? O SOL diz que sim! O SOL é que obteve o teor do despacho, quem fala verdade, José António Saraiva ou Pinto Monteiro?!
O povo português vai assistindo de camarote à rábula «No Reino da Mentira Tudo É Possível».
Os actores principais foram escolhidos a dedo. O Princípio de Peter e a Lei de Gresham estão a ser testadas em laboratório!!! Será que elas se mantêm actuais?!

Nunca acreditei que se chegasse a este ponto. O clima de impunidade é chocante. Cuba está entre nós! Fidel in ovo aparece-nos diariamente nos écrans televisivos com ar de vítima...

NOTA: Devo confessar que votei José Sócrates, considerava-o então o mal menor. Já critiquei os excessos de Mário Crespo, no seu anti-socratismo (chegou ao ponto de afirmar que não tinha o direito à presunção de incência!) Já critiquei os excessos de Manuela Moura Guedes, que fazia uma autêntica «caça ao homem». Agora, com a mesma honestidade intelectual, com o mesmo desejo de verdade, acuso Sócrates de ser um perigo para a democracia e para a liberdade de expressão. Jamais votarei numa criatura destas! Será o coveiro do PS se não houver a coragem e a frontalidade democrática de «limpar o gajo»!

5 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

forte!

actual!

pertinente!

um beij

douro disse...

Um abraço e um obrigado sincero

rouxinol de Bernardim disse...

Piedade!

A honestidade intectual faz falta aos políticos portugueses.

Não tenho partido mas a minha política norteia-se por valores, não por figuras, nem por partidos, por isso poderão achar-me pouco coerênte. É que sou corente com a minha consciência...

Não me consta que os partidos a tenham (consciência)...

rouxinol de Bernardim disse...

douro:

Pena é que no «nortadas» nem todos tenham um «norte» civilizado.

Há gente «rasteira» que «mexe» muito, mas tem rótulo na testa, só de ler essa gente faz urticária...

Cmpts

Teresa Durães disse...

Depois de assistir ao caso da Manuela Moura Guedes e a tanto despotismo pela parte do sócrates, não votei nele mesmo sabendo que o meu voto iria perder-se