rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, janeiro 18, 2010

A causa do terramoto do Haiti: o diabo!...



Meu caro rouxinol, sou obrigado a dar-te razão! já houve um louco que quis pôr Deus em tribunal por causa dos distúrbios da natureza. Agora este, não menos louco, que diz que o diabo fez um pacto com os haitianos, devia ir a tribunal provar o que diz! E, como o diabo não reivindicará indemnização, devia dar uma verba substancial para as vítimas do terramoto! Isso é que era democrático! Estou contigo, caro rouxinol!




Ora aqui está uma resposta para as angústias e dúvidas de todos nós. Eu já suspeitava. A mão de Deus andaria ali. O que não sabia era a causa remota. Este clérigo norte-americano, homem de prestígio, de grande mediatismo televisivo dá essa resposta.

Um alegado pacto com o diabo feito pelos haitianos, há já longos anos, para expulsar os franceses! E ele vai ao cerne da questão, relata o teor desse diálogo. Só visto! Clicar para ver...

Não se pense que isto é a opinião generalizada das igrejas, não, não é. Contudo, em tempos mais remotos, era assim. Qualquer manifestação mais anormal da natureza era castigo divino: foi-o o dilúvio, o vulcão que destruíu Sodoma e Gomorra. Os trovões eram a voz divina encolerizada pelos pecados.

Eu ouvi da boca de um orador sacro, cá em Vila do Conde, que a causa da guerra do ultramar era o pecado. Pecado do povo, claro, não dos exploradores económico-financeiros daquelas colónias. A bíblia está cheia de alusões a derrotas nas guerras provocadas por não auxílio de Deus. A chamada «arca da aliança» que serviu para motivar os judeus depois de uma derrota, qual doping moralizador, qual efeito placebo de conotações belicistas é também algo que importa equacionar à luz da desmistificação teocrática!
Cada vez mais os clérigos (de todos os quadrantes) mostram a face oculta da religião! a manipulação de massas inculcando o medo (da doença, da guerra, dos terramotos, dos ciclones, das pragas e pestes) e fazendo crer que é Deus que está por trás de tudo (o bem para premiar, o mal para castigar...) e, ela religião, como solução para todos os males, como mandatária divina (ou intermediária, mediadora privilegiada) para solucionar todos os males!.. Com o impacto comercial que todos conhecemos:os santos desmultiplicam-se em especialidades (como se fossem médicos ou advogados...) para satisfazerem a ânsia dos crentes! Este cura os ossos, aquele a garganta, aqueloutro a vista... havendo caixas de esmolas, quais caça-níqueis de uma multinacional bem orientada para fins comerciais, capazes de darem vazão e satisfazerem todos os gostos dos crentes...
Enfim, o nosso padre Maçarico, o tal que com a sua bênção curava a gripe A (e que certamente foi a causa-mor do não alstramento da terrível pandemia) foi apenas a parte visível desse gigantesco icebergue especulativo.
Saramago, escreve, continua escrevendo, dá-lhes forte e feio pois ainda é pouco. Eu, humilde servo da vinha do Senhor, acho que ele também deve regressar e trazer com ele o chicote... que falta faz hoje em dia, certos clérigos precisam dele no lombo!
É urgente um terramoto cultural, um ciclone mental capaz de varrer todas as crendices e hipocrisias que estão na génese de muita religiosidade mercantilista.

Marcadores:

14 Comments:

Blogger as-nunes said...

Caro amigo

O meu amigo escreve que nem um rouxinol. Aliás os tempos que correm, as diabruras da Natureza, as diatribes dos homens, estão cada vez mais propícios à inspiração de textos para os blogues da rapaziada.
E então quando se juntam várias mentalidades, sensibilidades, alucinações e outros quejandos, numa amálgama clubística sem regulamento e estatuto minimamente vinculativo, é uma desgraça!

De vez em quando é cada revoada, que anda tudo de pantanas, até os espíritos mais fortes...

A ver se as coisas ainda se conseguem compor!

Abraço
António Nunes

1:56 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

as-nunes:

Resumindo e concluindo: o amigo nunes visualiza o CAOS!

Será que este terramoto é a génese dele? Desmoronar-se-ão pré-conceitos, estruturas mentais fortemente enraizadas, enfim, o HOMEM NOVO surgirá depois da hecatombe!

Até lá vamos assistindo à implosão deste caduco edifício terrâqueo, balizado por teocracias obsoletas, alicerçado em ditaduras de todos os matizes...

Será que depois do DILÚVIO, surgirá a PAZ?!

Enfim, estes novos «messias» capazes de assistirem ao diálogo entre o diabo e um povo, delirantes criaturas alçapremadas ao esplender do ridículo, dão carradas de razão a todos os Saramagos que se sentem encorajados a ir mais além!

Há que derrubar todos os estultos FUNDAMENTALISMOS que por aí vecejam...

7:11 AM  
Blogger Teté said...

Assim se entende o que Marx dizia: "a religião é o ópio do povo".

Enfim, talvez não seja a religião em si, mas alguns dos que em nome dela dizem atrocidades destas, que só contribuem para um clima de medo generalizado e infundado. ;)

8:44 AM  
Blogger maria manuel said...

creio difícil acabar com hipocrisias tão enraizadas, infelizmente.

obrigada pela visita ao meu espaço. abraço.

12:17 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Teté:

Marx só pecou por defeito. Às vezes o futebol também é ópio do povo!... certa política é-o ainda mais!...

Quando ouço aquelas infantilidades do Jardim, penso em alucinações provocadas pelo ópio viciante do poder!!!

10:12 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

maria manuel:

Ora aí está o busílis...

10:12 PM  
Blogger maria teresa said...

Perdi há muito a paciência para ouvir "mimos" como este...
Abracinho

11:50 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

maria teresa:

O mundo está cheio de fundamentalismos tolos e ultrapassados mas é bom que neles nos debrucemos para compreendermos como funciona a manipulação de massas a todos os níveis...

4:57 AM  
Blogger Pena said...

Olhe, "Divinal" e "Transcendente" Amigo:
Em primeiro lugar, ponto assente: Escreve fabulosa e soberbamente. Digo-o com verdade e seriedade.
Tem uma eloquência verbal admirável e sublime.
Parabéns sinceros, por isso.
Obra de Deus ou do Diabo, não sei, sinceramente não sei, mas que estou preocupado, estou.
Tantas vidas humanas ceifadas e fulminadas e, apenas, viviam. Sentiam. Amavam. Trabalhavam.
Crianças. Não crianças.
Tudo. E, as famílias incompletas ou nulas?
Isto provoca-me um sentimento de enorme consternação pessoal e humana como a si, fabuloso amigo, tenho a certeza absoluta?
Um texto notável.
Sofrem muitas pessoas naquele recanto do Mundo atingido por aquela catástrofe a todos os níveis e aspectos.
Abraço amigo forte de uma amizade autêntica que desejava conservar pela significação imensa.
Sempre a admirar o seu talento e a sua escrita fantástica.

pena

Bem-Haja, notável Amigo GIGANTESCO.
MUITO OBRIGADO pelo que deixou expresso no meu blogue: O seu "Toque" de maravilha. OBRIGADO!
Um afago sentido e de dor às PESSOAS do Haiti.

7:48 AM  
Blogger Táxi Pluvioso said...

O diabo faz as coisas mais incríveis, não é que ele deu boa medalha à má moeda, isso é que é o diabo.

9:45 PM  
Blogger Desnuda said...

Caro Bernardim,

escandalosa estupidez! Ando indignada e revoltada pelos que se alegram com esta tragédia porque dizem ser a prova da Justiça de Deus. E vejo em algumas caixas de comentários a frase " Jesus está voltando!".

"É urgente um terramoto cultural, um ciclone mental capaz de varrer todas as crendices e hipocrisias que estão na génese de muita religiosidade mercantilista."

Beijos.

11:39 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Pena:

Tem carradas de razão sobretudo no que toca a seres indefesos como as crianças.É triste a humanidade gastar fortunas com exploração espacial, com armas geoestratégicas de último grito e ainda não conseguiu dominar (na medida do razoável) a própria natureza!

Há sinais que nos indicam o advento dos terramotos (gás liberto no prelúdio dos sismos); por que não começar a estudar uma estratégia para fazer emergir esses gases de forma suave, libertando a terra de erupções tão dramáticas?!

Talvez daqui a cem anos se comece a pensar no assunto...

Cumprimentos do

Rouxinol de Bernardim

12:30 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Táxi:

O diabo é que só sabe fazer diabruras... não, não pode ter sido Deus a fazê-las, por causa de um alegado pacto com o mafarrico...

Enfim os deuses e os diabos estão na nossa imaginação, no imaginário colectivo da humanidade. Será, não será?

A minha dúvida, estou crente, nunca será dissipada... a não ser que os ditos cujos resolvam fazer uma conferência de imprensa e REVELAREM-SE ! Já não era sem tempo!!!

12:33 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Desnuda:

De facto assim é. «O fim do mundo está próximo», «os desígnios de Deus são insondáveis», «a humnanidade não se emenda e o castigo surge», enfim, esta cantilena já vem de há milhares de anos e não muda!!!

Era o que faltava vir agora o Todo Poderoso imitar o Osama bin !!!Laden!!!

12:36 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home