rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, dezembro 03, 2009

Tratado de Lisboa

Por vezes este país parece sofrer de doença bipolar: passa do pessimismo mais radical e doentio a um optimismo sem freio.

A reunião em Lisboa e a entrada em vigor do Tratado de Lisboa deram azo a situações de euforia desmedida. Camtaram-se hossanas aos descobrimentos e fizeram-se paralelismos sem o mínimo de realismo e de razoabilidade.

A euforia está de novo isntalada. Há que ter contenção e saber a medida exacta das coisas. Senão, descobriremos esta triste realidade: estamos cada vez mais na cauda do pelotão...

6 Comments:

Blogger maria teresa said...

"É no meio que está a virtude"! Mas poucos, muito poucos sabem disso.
Bj

7:16 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

maria teresa:

Pode ser que sim, pode ser que não... o fígado está à direta, o coração à esquerda!... são órgãos bem virtuosos!

3:56 AM  
Blogger São said...

Eu nem sequer me dei ao incómodo de ouvir tais patacoadas...

Boa noite.

1:34 PM  
Blogger Táxi Pluvioso said...

Eu preferia ser tratado em Lisboa, mas desde que o João Soares proibiu as senhoras de calcorrearem a Av. da Liberdade, que as coisas encareceram.

11:09 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

são:

Vale a pena ouvir, olhe que vale...

10:10 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Táxi:

A av da Liberdade é uma via láctea aberta a todos sem discriminações... penso eu de que... como diria o PC.

10:11 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home