rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, dezembro 13, 2009

Eu tive um sonho!...

«Meu caro rouxinol de Bernardim, fazes falta na AR. Desde os tempos da saudosa Natália Correia que não há lá ironia, sarcasmo, mereces lá estar, sem dúvida...»


Tive um sonho. Tal como Luther King, tal como Fernando Pessoa, tal como Camões. Eu estava na AR como deputado. Fora eleito pelo partido da ironia popular. Nas bancadas encontrava-se o Bocage, o Guerra Junqueiro, o Almeida Garrett, a Natália Correia, enfim, era uma coisa muito abrangente em termos cronológicos...
Sei que havia uma polémica enorme envolvendo o então primeiro-ministro. Para satisfazer as necessidades fisiológicas fui à casa de banho. Então, para meu espanto, estava escrita esta quadra assinada pelo Bocage:
ATENTOU CONTRA O ESTADO DE DIREITO
O PRIMEIRO MINISTRO DESTE PAÍS;
VAI-SE CAGANDO, ALEGRE E SATISFEITO
PRÓ PEIDO FEDORENTO DO JUIZ!!!
Pensei logo no nosso Zé Sócrates... e meditei: de duas uma, ou fez algo de grave e não merece estar no lugar que está, devendo já ser exonerado, ou então foi uma questão de lana caprina empolada de forma exagerada pelo juíz.
Exemplos.
Se disse isto: A Manuela Moura Guedes é obsessiva, teimosa, mas eu vou premiá-la com uma coisa digna dela. Vou pedir ao menino Jesus que lhe dê um par de patins pelo Natal»...
Isto não é atentado ao dito cujo estado de direito.
Mas, se pelo contrário, foi mais objectivo e disse:« Eu vou contratar um deputado («deputado» é o termo que está na moda, dantes dizia-se «cigano»...) e a Manuela Moura Guedes vai levar um sumiço!»
Aqui o caso é bem mais grave! Será que foi o que disse?!
Enfim, cada juíz cada sentença.
Pessoalmente já fui condenado por um juíz que achou que o termo «onde pára o dinheiro?» era altamente ofensivo da honra e bom nome de um presidente de câmara, quando de facto, não citei o dito presidente, a acta da câmara estava errada e indiciava algo que de facto não aconteceu.
Falei em «suspeitas de locupletamento», suspeitas mais do que óbvias face à ausência do dinheiro no destino indiciado pelas actas. Mas o juíz não ligou e condenou-me, apesar de muitos elogios prévios...
Portanto estou em crer que o grandiloquente «atentado ao Estado de Direito» não passou de um manifesto excesso de zelo de um juíz. Mas se estou errado esse juíz que leve avante até às últimas consequências as suas diligências. Se não, podemos processá-lo por «compactuar com um atentado ao Estado de Direito!»
Esse é que é o busílis da questão!
Eu não estou ao lado do primeiro-ministro, mas sim ao lado do Estado de Direito!

10 Comments:

Blogger Graça Pereira said...

E onde está o Estado de Direito???
Afinal, não está tudo torto??
Voto em ti para a A.R. e acredito que, com a tua análise, muito deputado pediria a demisão!!!
Um beijão,senhor deputado.
Graça

10:48 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Minha cara senhora eleitora:

Desde já agradeço o voto e o beijo!

Será que o Partido da Ironia Popular vai ganhar as eleições?!

Se ganhar, talvez o país finalmente mude ... de MENTALIDADE!!!

11:11 PM  
Blogger Valter Montani said...

Caro Rouxinol, passei por aqui para agradecer por sua visita e comentário em meu blogue, seja sempre bem-vindo, saudações daqui do Brasil.

12:05 AM  
Blogger Rafeiro Perfumado said...

Isso não foi um sonho, foi um pesadelo, e daqueles em que se acorda aos gritos. Abraço!

12:48 AM  
Blogger Pena said...

Estimado e Brilhante Amigo:
Mais um texto de cariz político dos mais fabulosos que já li. Retracta fielmente o estado da Nação de forma loquaz e repleta de brio real que se exige em política.
A ironia não falta nem poderia faltar.
Os meus sinceros parabéns. Tem uma eloquência verbal sublime.
Termino com uma frase sua, justa, sensata e defensora da liberdade que tanta falta faz que subscrevo:
"...Eu não estou ao lado do primeiro-ministro, mas sim ao lado do Estado de Direito!..."

Abraço forte de amizade, estima, respeito e consideração imensas.
Sempre a admirá-lo.

pena

Continuo dizendo:
É um privilégio tê-lo como Amigo.
Um Amigo ENORME, entende...?

2:54 AM  
Blogger Pelos caminhos da vida. said...

NATAL INFORMÁTICO...

Dê um CLIQUE DUPLO neste NATAL!
ARRASTE JESUS para seu
DIRETÓRIO PRINCIPAL.
SALVE-O em todos SEUS
ARQUIVOS PESSOAIS.
SELECIONE-O como seu DOCUMENTO MESTRE.

Que Ele seja seu MODELO
para FORMATAR sua vida:
JUSTIFIQUE-a e ALINHE-a
À DIREITA e À ESQUERDA,
sem QUEBRAS na sua caminhada.

Que Jesus não seja apenas
um ÍCONE, um ACESSÓRIO,
uma FERRAMENTA, um RODAPÉ,
mas o CABEÇALHO, a LETRA
CAPITULAR, a BARRA DE ROLAGEM
de seu caminhar.

Que Ele seja a FONTE da graça
para sua ÁREA DE TRABALHO,
o PAINTBRUSH para COLORIR seu
sorriso, a CONFIGURAÇÃO de sua
simpatia, a NOVA JANELA para
VISUALIZAR o TAMANHO de seu amor,
o PAINEL DE CONTROLE,
para CANCELAR seus RECUOS
COMPARTILHAR seus RECURSOS e
ACESSAR o coração de suas amizades..

COPIE tudo que é bom
DELETE seus ERROS.
Não deixe à MARGEM ninguém,
ABRA as BORDAS de seu coração,
REMOVA dele o VÍRUS do egoísmo.

Antes de FECHAR,
Coloque JESUS nos seus FAVORITOS
e seu Natal será o ATALHO de sua
felicidade! CLIQUE agora em OK
para ATUALIZAR seus CONTEÚDOS!

(Desconheço o Autor).


beijooo.

5:19 AM  
Blogger CatWorld said...

é triste...
mas mais ttriste ainda é vermos que somos nós O Povo que o permitimos :-(

11:43 AM  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

A magnifica quadra do "Bocage"...enquadra-se perfeitamente na porcaria em que nos querem meter.

11:05 PM  
Blogger maria teresa said...

E está muito bem colocado desde que haja Estado de Direito.
Abracinho

8:53 AM  
Blogger Laura said...

Mas o Estado de Direito anda torto ó Rouxinol!...
Beijinho da laura

9:20 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home