rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, outubro 22, 2009

Jesus Cristo, desce à Terra!!!


«Eu, descer à Terra, outra vez?! Jamais, parece que ainda estou a ouvir aquele grito da multidão: "Solta Barrabás, solta Barrabás!" É Barrabás que por aí anda a espalhar a fome e a miséria para a maioria e a opulência e o fausto para uma minoria...»
RETRATO DA CRISE
Angústia do fim do mês
Ou pobreza envergonhada
Até a fome, talvez,
É sofrer pela calada.
Esta vida é uma porra
Tudo anda desconcertado
Uns, vivendo à tripa forra
Outros... co'o cinto apertado.
O contraste mais gritante,
Já anda gente a esmolar...
A miséria é galopante
E alguns... sempre a festejar!
Festinhas e festarolas
Há quem viva sempre em festa
Meter ao saco as violas
A nós... é o que nos resta...
Tanta injustiça se vê
Semente de ódio e de guerra
Quem em Jesus Cristo crê
Lhe pede: que desça à Terra!

Marcadores:

5 Comments:

Blogger Pena said...

Admirável Amigo:
Gostava de lhe esclarecer um aspecto que me parece pertinente:
Não sou praticante da Religião Católica nem pactuo com os valores e princípios que a Igreja apregoa.
Sou um agnóstico convicto.
Como podem os padres ter "sobrinhos" e "coisas" parecidas?
Como temos de pagar missas e funerais se a religião foi feita para ajudar?
Porque razão os padres têm mulheres a rodo quando deviam manter um celibato durante a vida?
Isto baralha-me, sabe?
Jesus Cristo assemelho-o a um Marx, entre tantos mais que atingiram a notoriedade na época, nada mais.
Desculpe, Jesus Cristo não valeria nada a pena vir fazer-nos uma visita, creio, que não adiantaria nada O seu "poder" eloquente, sabe?
Deus, é outra "Coisa". Mais reflexivo, mais de pensar Nele, mais de devoção, que nem sei explicar...?
Dava pano para mangas, falar destes assuntos aqui, numa altura em que SARAMAGO EDITOU MAIS UM LIVRO, ENTENDE...?
Um Post brilhante, de plena importância como a sua...
Até nem sei como ainda não o "Linkei", ando constantemente à sua procura no meu blogue, por isso, as minhas desculpas imperdoáveis. Acabo sempre por descobri-lo, SEMPRE!
Com o maior respeito e amizade sinceras pela pessoa enorme e gigante de talento, talvez, das maiores da imensa Blogosfera...
Abraço cordial de respeito imenso.

pena

Bem-Haja, extraordinário amigo e pessoa de bem que muito estimo e considero.
MUITO OBRIGADO!

9:33 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Meu caro:

A expressão «Jesus deça à Terra!» é uma metáfora muito comum entre nós, que foi popularizada pelo professor Marcelo Caetano ainda há poucos anos...

O facto de os padres não respeitarem celibato nada tem a ver com o texto acima. Acho que deviam ser casados, tão só.

quanto a Saramago julgo que efabulações sobre temas religiosos e afins é o que está a dar... Veja-se o «Código da Vinci» e tantos outros... Há muito de sentido de oportunidade na base destes escritos. Mas aceito-os, não me repugna a criação artística e literária com base nas religiões, não sou fundamentalista...
Acho que a Bíblia não é criação divina. É humana com pretensões a ser divina, mas cheia de imperfeições, de apelos a violência, ao culto de dogmatismos exacerbados. Nela, Deus aparece vezes demais. Julgo que é pura efabulação humana e nada mais.Tal como o Corão.

A CRISE é o pano de fundo do poema. Jesus é um epifenómeno. Digamos que decorativo...
Tal como Camões usou as ninfas e os deuses do olimpo bem sabendo que era tudo efabulação humana e nada mais...

8:38 PM  
Blogger Desnuda said...

Bernardim,

tudo foi dito. E gostei muito deste poema-protesto, aludindo e evidenciando o que se passa.


Um beijo, amigo.

6:28 AM  
Blogger Táxi Pluvioso said...

Jesus já está no estádio da Luz.

8:38 PM  
Blogger jawaa said...

Eu costumo dizer, repetindo outros: Cristo, vem cá abaixo ver isto!

3:08 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home