rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, maio 14, 2011

Prémio Camões 2011 - M. A. Pina










E foi ele, o poeta do JN, o cronista da última página, que ganhou (clicar para ver). Talvez haja quem conteste, quem não lhe reconheça o mérito, contudo, no panorama nacional, não abundam os premiáveis...
Ele é independente, eleva-se acima dos partidos e das nomenklaturas, não é permeável aos corporativismos, enfim, um sniper a sério, lá em cima do telhado do JN, não pára de metralhar os
que vendem gato por lebre nesta república de ilusionistas onde o chico-espertismo assentou arraiais...





Que nunca a arma da crítica emperre, são os meus sinceros votos...





Marcadores:

2 Comments:

Blogger Isamar said...

Os meus parabéns ao Manuel António Pina. Conheço-o há muitos anos, ainda andava na faculdade e já sobressaía.
Prémio que lhe cai com todo o mérito.

Bem-hajas, amigo!

Beijinho

10:09 PM  
Blogger Dri Andrade said...

Muito bom!!!!!
bjs

7:39 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home