segunda-feira, outubro 11, 2010

O SOL da amizade...


A nuvem e Juno são
N-oções que importa aclarar
T-udo na vida é condão
O-nde há sol pode brilhar
N-a noite escura o luar...
I-manente a tudo isto
E-nobrece uma amizade
T-esouro a que não resisto
A ... guardar prá eternidade!

9 comentários:

Pena disse...

Precioso e Amigo de Excelência:
Este "Antonieta/O Sol da amizade" deslumbra pelo versejar doce e puro.
Fantástico. De uma harmonia admirável e fantástica.
Sublime.
Abraço amigo de respeito ao seu talento que faz maravilhar pela pureza e beleza imensas.
Com estima e gratidão pelo Ser Humano enorme e fabuloso que é.

pena

Excelente.
É uma honra a sua amizade. Digo-o com sinceridade.
MUITO OBRIGADO, amigo extraordinário e genial.
Digo, genial porque o meu amigo é mesmo genial.
Parabéns. Gostei muito.

Solange disse...

adoro acróstico..
lindo..!!
bjs.Sol

Tere disse...

amei sua postagem,linda,bju tere.

Antoinette disse...

Sá, fiquei sem palavras quando li...agora agradeço do coração.
um abraço.

rouxinol de Bernardim disse...

Pena:

A sua gentileza é sempre desvanecedora... mas desta vez julgo que a simplicidade é o segredo...

rouxinol de Bernardim disse...

Pena:

A sua gentileza é sempre desvanecedora... mas desta vez julgo que a simplicidade é o segredo...

rouxinol de Bernardim disse...

solange:

Eu também.

rouxinol de Bernardim disse...

Tere:

Ainda bem.

rouxinol de Bernardim disse...

Antoinette:

Os diamantes também são eternos...
Tal qual!