rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, outubro 31, 2010

Colarinho branco é quem mais ordena!

No topo, moedas más,
Vão roubando... já nas calmas...
O povo?! Um «bom serás»
A todos... batendo palmas!

O regime cleptocrático
Moedas boas afasta
O saque é vil, é fantástico
É hora de dizer: «BASTA!»

Não usam metralhadora
No assalto a qualquer banco
Usam manha corruptora
Sempre, «colarinho branco»!!!


O país vai-se afundando
Moedas más, no poleiro,
O povo vão esmagando
Anda tudo sem dinheiro...

Um bando de marajás
Saqueou este país
A ética morreu... e jaz
No bolso de algum juiz!

Lusitânia se afundando
No pântano-corrupção
As rãs gordas coaxando
Todas «A BEM DA NAÇÃO!!!»

Marcadores:

5 Comments:

Blogger . intemporal . said...

.

. colarinho branco sempre impune .

. com tratamento diferenciado .

. até no crime que também compensa .

. colarinho branco sempre ilibado .

.

. abraço .

.

11:27 PM  
Blogger Vivian said...

...querido Rouxinol,
hj temos o nosso Brasil na berlinda
da sorte ou azar.

Eleições nos levam às urnas,
e só Deus sabe quem nos governará.

oremos...

beijo!

4:27 AM  
Blogger Pena said...

Amigo de Excelência:
"...O país vai-se afundando
Moedas más, no poleiro,
O povo vão esmagando
Anda tudo sem dinheiro..."

Um poema fabuloso e oportuno.
Quem melhor poderia expressar poeticamente o desencanto e a tristeza?
Admirável e real.
Abraço ao seu talento mágico naquilo que concebe de maravilhar por onde passa.
Sempre a respeitar a grandiosidade do seu pensamento gigante.

pena

Bem-Haja, pela preciosidade da sua amizade.
Adorei.

6:45 AM  
Blogger carlos pereira said...

Meu caro;
Excelente poema em quadras perfeitas, bem rimadas e bem corrosivas, que põem a nu toda a "pobreza" de uma nação agonizante às mãos de um poder pseudo-democrático que, o meu amigo, de uma forma sábia e corajosa, regularmente, nos presenteia.
Gostei imenso.
Um forte abraço.

2:46 AM  
Blogger Desnuda said...

Bernardim.


perfeito. O poema tudo diz.

Um beijo

10:22 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home