rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, outubro 14, 2016

Nobel da Literatura 2016

Bob Dylan foi certamente uma grande surpresa. contudo, se analisarmos com profundidade, ele representa muito mais do que um simples cantor e compositor, ele é o homem americano progressista e empenhado que luta por um mundo mais justo e solidário. Através das suas canções e do seu pensamento, ele influencia, torna-se um mensageiro universal, enfim, dá um exemplo de cidadania.Uma espécie de Zeca Afonso das américas...
Podia ser o nosso Lobo Antunes? Sim, certamente.
Contudo, não se vislumbra na obra de Lobo Antunes esse universalismo militante, essa indómita vontade de fazer o mundo inteiro pensar e ir ao âmago dos problemas.

Creio que ele representa a antítese de Donald Trump, neste momento a figura mais odiada da inteligência americana. Talvez o impulso mediático de Hilary Clinton (de quem é apoiante explícito) também tenha ajudado...Já Saramago se gabava de ter tido uma entourage muito forte para ganhar o Nobel, sem ela, nada ganharia...É a lei dos mercados a funcionar...