rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, junho 30, 2011

EXPORTAR, a solução...





O futuro de Portugal está na exportação! André Vilas Boas é um exemplo paradigmático! Ver AQUI...






O governo deve sensibilizar os principais clubes portugueses que está na hora de rendibilizar os seus investimentos. Vender craques e investir nos jovens prodígios. Portugal não pode dar-se ao luxo de ter jogadores contrariados: Fábio Coentrão, Falcão, Hulk, Cardoso, João Moutinho,João Tomás e tantos outros devem seguir os seus destinos noutras Ligas. Eles merecem outros palcos, outras ambições. O país agradecerá...



Os clubes devem realizar encaixes financeiros que abram as portas aos jovens ansiosos por singrarem e terem oportunidades. Nos pinhais as mondas fazem desabrochar novos pinheiros, por que não se deixam desabrochar novos talentos no futebol?Não podemos, nesta fase difícil que o país atravessa , dar-nos ao luxo de inviabilizar transferências destas. Comprar barato e vender caro tem de ser o lema. Emagrecer os plantéis também deverá ser um imperativo nacional. Fazer omoletas com poucos ovos é que deve ser a nossa prioridade...
Temos esse génio chamado João Moutinho, Yanick, Varela, por que não lançá-los já na arena europeia?


E quem diz Vilas Boas diz Soraia Chaves, diz vinhos, carnes, cortiça, calçado, têxteis... computadores, automóveis, barcos; está na hora do tudo ou nada!
E porque não uma escola de treinadores? Para exportação claro, como o vinho do Porto, ou o da Madeira...


Está na hora de explodir, no bom sentido, claro!

Marcadores:

5 Comments:

Blogger Rosa dos Ventos said...

Se também pudéssemos exportar umas aves raras, seria óptimo! :-))

Abraço

3:12 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Rosa,

Há cá tantas: pavões, gralhas, rouxinóis...

4:20 AM  
Blogger lua prateada said...

Ehehe não precisamos mesmo exportar aves raras é na realidade o que mais temos cá...por serem tão raras estamos pagando um preço muito alto...!!!
Abraço
SOL

1:36 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

lua prateada:

Os abutres andam por aí...o país é um cadáver adiado...

7:21 PM  
Blogger Carlos Sameiro said...

Boa tarde

Exportar!
Sim concordo.David Ricardo(economista)afirma que cada país deve produzir na perspectiva de exportar, naquilo em que é capaz de competir com outros países e até superar os mesmos. Nesse contexto creio que competimos em qualidade, no sector da cortiça,no sector dos vinhos,no sector do calçado, quanto ao sector das novas tecnologias e ao sector dos automóveis,pessoalmente, reforço, pessoalmente, ainda não estamos preparados para competir com outros países. É óbvio que a minha opinião vale o que vale.
Quanto à situação económica, financeira e política,é o destino do nosso Portugal...

Parabéns pelo seu blog.

Aquele abraço
Carlos Sameiro

3:22 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home