rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, abril 23, 2007

RETORTA: o perfume do pinhal...



Retorta é silvestre amora,
É perfume do pinhal...
É uma ridente aurora,
É pedra filosofal...
Não, retorta de alquimista,
Coisa fútil, de outra era,
Retorta, terra benquista,
Permanente primavera.
Tem Casas Novas, Padrão...
Aqui corre o leite e o mel,
É uma terra de eleição,
Retorta já tem cartel!
Quem me dera ser pintor
E poder pintar na tela...
Retorta é só luz e cor...
É magnífica aguarela.
Santa Luzia lhe dá
Um novo olhar sobre a vida
Por isso, sempre terá
Uma óptica esclarecida...
Na margem esquerda ela está,
É opção já ancestral...
À margem, não ficará,
Pois nunca foi marginal...
rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home