rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, janeiro 11, 2007

AMOR


Amor é fogo intenso em combustão
são altas labaredas que não vejo
mas sinto; é tortura do desejo
recalcado, febril, feito paixão...

é doença que mata e não tem cura,
é um queimar sem fim, eternamente,
é fogo que devora a nossa mente
é mal que sabe bem, nunca satura...

é um penar sem fim, de fazer pena,
é um sofrer de mais, quase inumano,
é ânsia que consome e não serena...

é dor que mortifica e causa dano,
é ferida d'alma, quase uma gangrena,
que nos corrói, sem dó, ano após ano!

Rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home