rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, dezembro 30, 2006

COIMBRA: Santuário do Fado!











Coimbra não perde o encanto
É um milagre de amor
Às vezes chora de pranto
No Fado mitiga a dor...

O Fado é sublimação
É fermento sempre novo
Faz encorpar este pão
Alma pura deste povo!

Coimbra e o Fado são par
Em perfeita sintonia
Não sei se pensam casar
Irão fazê-lo algum dia.

Do Choupal até à Lapa
Do Mondego ao Calhabé
O Fado abre a sua capa
E nos abraça com fé.

Se a fé remove montanhas
Tem força descomunal
Fado, são causas tamanhas
De feição universal!

O Fado é fraternidade
É sermos todos iguais
O Fado traz liberdade
E ela nunca é demais...

Ser fadista é ser poeta
Talvez santo... algum dia...
Ser fadista é ser profeta
Pois o Fado... é profecia!

Não há fundamentalismo
Neste Fado tão plural
O Fado é só humanismo
Rumo à paz universal!

Se Coimbra é santuário
A chama do Fado é
A velinha no sacrário
O facho da nossa fé!

Deus o criou, eu bem sei,
Deu-lhe estatuto sagrado,
Só irá p'ró céu, é lei,
Quem souber... cantar o Fado!!!

Rouxino de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home