rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, julho 07, 2017

Isabel stilwell, o preconceito e o ódio aos ricos!

VER AQUI

Não sei como se pode ter tanto ódio aos ricos e tanto preconceito acumulado?!

Esta senhora que diz ser católica ataca um direito legal e uma opção tão louvável como outras de ter filhos e lança-los ao mundo criando condições para serem felizes e  saudáveis.

Quando o mundo inteiro assiste a um fenómeno de mortalidade infantil calamitoso em África) esta criatura gasta o seu tempo a atacar o rico, que compara aos reis que faziam filhos nas barregãs.

O Rei que usou a freira Paula Silva para fazer filhos e que os assumiu e patrocinou na vida é digno de censura?  Mais digna de censura foi a madre superiora que encobriu tudo sabe-se lá a troco de quê? Essa, não merece a censura da sua parte! Você,cara Isabel, não passa de um triste e hipócrita FREI TOMÁS!!!

A criança ainda não saber quem é a progenitora é tão mau assim? Se a mã morrese na altura do parto não seria pior guardar  (a criança) essa "culpa"?, abra os olhos e liberte-se das baias que a impedem de ver em todas as direções.
 Seja adulta, responsável, não use o preconceito e o ódio ao que é novo (ou ao ódio ao rico, a inveja  é doença, minha querida),  como instrumento de agressão!

Use o seu tempo para  outras coisas, ara Isabel. Deixe os preconceitos para trás das costas. O uso do preservativo - que ainda hoje não sabemos se é banido pela Igreja católica ou não, a pílula, que demorou anos a ser aceite, são coisas que deveriam preocupá-la mais.

Acha que o que fez aquele goleiro do Flamengo mandando matar a amante por fazer chantagem com o filho! Com este método ele evita situações constrangedoras. Só o ter de pagar uma fortuna é digno de registo. A cobiça de quem o faz também é censurável...

Olhe para aquelas criancinha de África vindas ao mundo sem condições financeiras, e olhe para os desperdícios desta Igreja Católica apostólica e romana com faustosas procissões, festas megalómanas,  cultuando santos e santa Senhores e Senhoras em profusão (que se fossem chamados a pronunciar-se sobre elas diriam o piorio..) e veja se não seria mais útil alocar esse dinheiro perdido na salvação dessas crianças! Ou nas crianças de cá tantas vezes com pas sem condições para as sustentar por incapacidade financeira ou por doenças?

Não importa se é rico ou pobre,  a utilização da chamada barriga de aluguer é  algo que deveria ser legal em Portugal há muito tempo. Só preconceitos idiotas, só falsos puritanismos é que mantêm ao longo dos anos, aberrações continuadas. Você, pobre criatura, é uma escrava de tradições e de preconceitos. Liberte-se, porra! Assuma  os seus erros e retracte-se. Mas Deus é grande e a Sua Misericórdia infinita!!!

Joe Manuel figueiredo leite de sá

(Às vezes sinto-me como padre António Veira pregando no sertão...)