rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, junho 10, 2013

FRANCISO I : UMA NOVA ERA!!!

Brilhante, sublime, o coroar de um sonho: o Papa ao afirmar que o importante são as obras, não importando ser ateu para se almejar o céu, o papa deu uma estocada final nos fundamentalismos!

Sim, que importa se comungas todos os domingos, participas em todas as via-sacras, vais a todas as missas e entras em todas as procissões,  se és um corrupto, se roubas o erário público, se aldrabas o teu semelhante, se cobiças a mulher do próximo, se apunhalas todos os  bons propósitos   anunciados, mentindo, mentindo, mentindo...como ao longo dos tempos, por esse mundo fora, fomos assistindo...


GOLPE MORTAL no farisaísmo!!! e este, de imediato reagiu: desautorizou o próprio Papa!

Esta afirmação polémica é  um pequeno passo, um primeiro passo para o desmantelamento do fundamentalismo (que existe em todas as religiões) e uma porta aberta para o verdadeiro ECUMENISMO!!!

Aguarda-se agora que algum brilhante imâ muçulmano tenha a coragem de dizer a mesma coisa em relação ao islamimo! E todas as religiões se abram à mensagem fraterna do ecumenismo!

Cairão por terra todos os «muros de berlim» que estão na génese de terrorismos sem fim, de fanatismos estultos, de sectarismos fratricidas...

 Este Papa, ao dizer isto, foi como se um presidente da república afirmasse ao país que o cartão partidário não pode ser requisito fundamental e imprescindível para conseguir trabalho... mutatis mutandis...

VER AQUI:http://www.pavablog.com/2013/05/26/vaticano-corrige-papa-ateus-ainda-vao-para-o-inferno/

 Será que os fariseus da cúria romana levarão a sua avante?!

Os cristãos de todo o mundo saberão atingir em toda a sua plenitude  o significado desta afirmação tão nobre, tão generosa, tão revolucionária?

Esperam-se ondas de choque. Que o Papa não fique sozinho e que todo o mundo civilizado o aplauda como merece! Ele já é mais do que um Papa: é um LIDER ECUMÉNICO!

Ele pensa não como chefe de uma seita («seita do nazareno») mas como líder de toda a HUMANIDADE!

BEM HAJA!