rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, novembro 10, 2012

A CORJA...



Todo o país vergado à austeridade
O povo já não ganha pró sustento
Deputados reclamam equidade
Mas há regabofe no parlamento...

«Apertai mais o cinto!», é o sermão;
E o povo, já  vai no último furo;
A fome espeta que nem aguilhão
E o governo, sovina, é um pão duro...

Vão viajando à custa do zé povo
Manducando do bom e do melhor
De bandulho bem cheio, que nem ovo,
Porrada fiscal, cada vez pior...
...

Arenga fácil, avinhada e fútil
Mordomias a eito, choldra vil,
Legisla a seu favor, a corja inútil
Comem tudo... até a alma de abril!