rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, março 10, 2017

Os "tutores" da democracia!!!

http://expresso.sapo.pt/politica/2017-03-07-Associacao-25-de-Abril-cede-espaco-para-conferencia-de-Nogueira-Pinto

Nem simpatizo com as ideias e as posições ideológicas do professor Jaime Nogueira Pinto. Conheço as traves mestras do seu ideário e li alguns livros dele mesmo antes do "25 de Abril".
Agora, ao ser silenciado por pretender dar uma conferência por um grupelho de alunos da Universidade Nova, não posso deixar de manifestar a minha perplexidade. Então a democracia tem agora "tutores", "guardiões do templo", "zelotas"?!!! Novos fundamentalistas no horizonte?!
Ainda recordo os tempos do PREC em que o professor Marcelo Rebelo de Sousa (e seu irmão António) viram recusada uma conferência no Instituto Superior de Economia (ainda nas instalações do Quelhas) por uma  deliberação de uma RGA. sob o pretexto de serem  "fascistas", que não eram "democratas", diziam à boca cheia! E arrotavam democracia e liberdade!!!

Ainda recordo a perplexidade do professor Fausto Quadros que exclamava: «então se são fascistas, vamos aproveitar a oportunidade para os enfrentar e demonstrar que estão no erro,; «se não são democratas, nós, os verdadeiros, os legítimos, podemos educá-los e conduzi-los ao bom caminho!» dizia sorridente  com sarcasmo e superior ironia!
O medo, a falta de coragem a boçalidade de gente sem formação mas desejosa de manter inviolável o seu "castelo"! Gente míope, gente estulta, gente castrada de liberdade!
Artur Salada Ferreira, então um aluno da noite, que trabalhava na Regisconta, exclamava, incrédulo: «são estes os democratas?! cobardes é o que são!»

Passados tantos anos, os "tutores" regressam, empenhados em proteger o seu ideário das ideias dissolventes e iníquas, como apregoava o antigo regime, que, os agora repressores da liberdade de expressão,  apodavam de fascista!

Quem são os fascistas?!

O tema mantém actualidade. A Associação 25 de Abriil, abriu os braços à tolerância, ao pluralismo, enfim, à democracia adulta e responsável! Parabéns! Nós, os militares que estivemos na génese do regime democrático, ficamos felizes por este episódio, pedagógico, apesar de tudo!

2 Comments:

Blogger Teresa Durães said...

Não percebo muito de política mas ainda ontem o meu filho perguntou-me se sabia a diferença fundamental entre fascismo e autoritarismo (ambos dão lugar a ditaduras). Hitler era fascista a propaganda era centrada nele e para ele ia a riqueza. Salazar era autoritário porque a propaganda era a do regime e não incidia sobre a sua pessoa. Achei deveras interessante. O resto (perseguições, ss ou pide, e Hitler era meganógamo, claro)

3:49 AM  
Blogger Jose Leite said...

Teresa:

A diversidade de "tutores" é grande. Aqui, esboça-se um movimento "purificador" ainda em embrião. devemos abrir os olhos enquanto é tempo. Gente com este perfil não pode impor nada a ninguém. Não concordo com as ideias (longe disso) do professor Jaime Nogueira Pinto mas daí até impedi-lo de manifestar o seu discurso é outra coisa...
Pobre país que tais aberrações tem!

10:25 PM  

Postar um comentário

<< Home