rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, maio 17, 2013

Governo Económico Europeu, propõe Hollande...





http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=652011&tm=6&layout=121&visual=49

O primeiro ministro francês propõe algo que toda a gente sente fazer falta. Um governo capaz de centralizar em si a capacidade dinamizadora indispensável para retirar a UE do marasmo. Um governo que sem colidir com os governos indigenas possa dar vazão a ânsia desenvolvimentista que paira na Europa. Porque hão-de os portugueses ir para a Alemanha ganhar tres ou quatro vezes mais do que aqui ganham se era muito mais fácil virem empresas alemãs para cá gerarem oportunidades para absorverem essa mão de obra disponível, pagando muito menos e cumprindo minimamente os mesmos objetivos? Sinergias, economia de escala, enfim, minimizar custos e potenciar resultados melhores...Para quando tornar a Europa na tal Aldeia Global?

Porquê irmos para o Luxemburgo quando poderiam vir empresas luxemburguesas instalar-se em Portugal criarem oportunidades de trabalho para todos  e gerando riqueza  coletiva?

É legítimo este anseio. Para isso há que desburocratizar, erradicar todos os empecilhos burocráticos que estão na génese de muita corrupção que grassa por aí.
Políticos corruptos são os maiores entraves ao desenvolvimento: eles não geram riqueza, eles geram ricaços!!!
É preciso agilizar a justiça, fiscalizar mais eficazmente a banca, corrigir os  excessos burocráticos, adequar os serviços em ordem a uma maior uniformização a nível comunitário.

 Há um potencial enorme de recursos humanos que está parado, subaproveitado,  a sobrecarregar toda a comunidade, quando poderiam ser feitos investimentos em escala europeia fomentando a nossa capacidade exportadora e aproveitando os benefícios de uma economia de escala que ainda não está a ser devidamente incrementada.
 O potencial jovem que anda por aí perdido, jovens capazes, com enorme capacidade técnica, é urgente revitaslizar a União Europeia. Fazer uma união económica, uma união política, uma união de vontades nacionais em ordem a uma globalização  competitiva e geradora de oportunidades para todos. Uma espécie de Plano Marshal que nos tire do marasmo. todos sabem que é preciso, por que continuam as divisões entre os egos nacionalistas?

A UE vive espartilhada em guettos nacionalistas, a corrupção mina as estruturas, sem que haja sanções dissuasoras. Que imagem pode dar ao mundo uma pessoa como Berlusconi que, quando primeiro ministro, dizia que governava no intervalo das orgias? É preciso reduzir a corrupção ao mínimo criando legislação mais severa, banindo da cena política os que se deixam seduzir pelas mordomias fáceis. Hoje vemos o contrário: são marginalizados os honestos, os incorruptíveis, os de reta intenção...O cadastro funciona como currículo!!! Triste sina esta que ainda impera! Há que acabar com esta fatalidade, não podemos cruzar os braços, há que ir à luta. HOLLANDE TEM RAZÃO, PORRA!!!

2 Comments:

Blogger Tétisq said...

Se algum dia se tivesse pensado 'europeu', talvez isto não estaria assim!

3:02 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Télisq:

Tem toda a razão. Continuamos a pensar de forma nacionalista, no pior sentido do termo...

4:41 AM  

Postar um comentário

<< Home