rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, outubro 13, 2006

ANTÓNIO VIEIRA: nobilíssima cultura!







Só as árvores frondosas
Dão a sombra protectora;
Mas há sombras bem danosas
Nas mentes vis, invejosas,
De gente caluniadora!

Vieira foi torturado
P'la ignóbil Inquisição,
O Santo Ofício danado
O corrupto braço armado
De Igreja em putrefação!...

Hostil ao poder reinante
Foi-lhe movido a preceito
Grave processo infamante
De perfil bem humilhante
Caricatura ao direito!...

Missionário fervoroso
Aos índios deu liberdade...
Dos colonos, odioso,
Em tempo bem ominoso,
Campeão de heroicidade!

Esta sã cidadania
Que patenteou então
Contra a vil hipocrisia
Da corrupta burguesia
Merece a nossa afeição!

Integérrimo cristão
Contra a corrente lutou...
Seu combate não foi vão
De civismo foi lição
Que Portugal acatou!

Nas Letras foi portentoso!
Sua verbe era um maná!...
Orador prestigioso
Homem íntegro, bondoso,
A História o consagrará!

Rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home