rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, janeiro 25, 2012

«Os pobres de espírito...»



Vale a pena ler o blogue Banquete da Palavra.

É um padre atento e não submisso ao stablishment.É um padre que faz da cidadania um prolongamento da evangelização. Não, não é como alguns que se refugiam no vácuo, no gongorismo balofo, na doce mas hipócrita abstração...

É um padre atento ao quotidiano de tantos portugueses que sofrem a grande injustiça social que se abateu sobre uma nação vampirizada por meia dúzia de sanguessugas capitaneados por gente sem alma, sem escrúpulos, sem pudor...

Enfim, o Portugal de hoje é uma OBSCENIDADE...

É um padre que o diz. Que o sente. Que não silencia, pois sabe que o pior pecado é o da omissão.

Não, não aparece na TV, não é paraninfado por eminências pardas que gravitam à volta do poder venal. É um puro. Tal como há juízes dignos de respeito e até veneração, também há padres assim. Excepções, honrosas assinale-se, à vergonhosa regra...
Tiro o meu chapéu ao padre José Luís Rodrigues. Bem haja!

1 Comments:

Blogger Marcelino Teles said...

Assino por baixo!

5:05 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home