rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, março 09, 2016

Marcelismo, começa hoje...






Começa hoje uma nova etapa. Espera-se que seja auspiciosa e benéfica para os portugueses. Sou por natureza otimista e não acho justo estar ab initio a zurzir numa entidade, que pode ter defeitos e virtudes, mas cuja postura, em termos globais tem,  sido positiva, muito positiva.
Este país por vezes tem crises de  bipolaridade (vê-se amiúde no futebol e na esfera política...) e há pessoas que gritam e  zurzem com a mesma facilidade com que aplaudem até à exaustão.
Sejamos francos e coerentes. Marcelo Rebelo de Sousa tem um perfil democrático muito embora esteja ligado em termos ideológicos e convivenciais aos segmentos mais conservadores da sociedade.

Lembro-me de ele fazer parte da ala mais irreverente do PSD (chamava-se Nova Esperança a corrente por ele liderada e era considerada radical...) e até de o terem por demasiado esquerdista. No entanto tem tido uma postura pedagógica em domínios sensíveis como a aplicação do direito e até na explicação de  problemas de indole administrativa.

Espero que o seu consulado seja marcado pela tranquilidade, pela serenidade, pelo bom senso. Sei bem que tudo misto é subjetivo mas ele tem potencial para tirar (ou ajudar a tirar...) Portugal deste atoleiro de corrupções, tráficos de influências e aberrações  ao nível da gestão em certos segmentos do aparelho de Estado.
Boa sorte, professor Marcelo! que seja de jure e de facto UMA NOVA ESPERANÇA!!!