rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, agosto 30, 2011

Seguro de acidentes de trabalho...

Ela precisava muito de dinheiro. Fez um seguro de acidentes de trabalho na companhia X e passado algum tempo... deu-se o sinistro. A coragem de mandar tirar a fotografia para fazer a prova perante a companhia de seguros!!!

Em tribunal o juíz é que não gostou nada da coragem... e ficou sem a indemnização!
Não vale a pena vigarices... Deus vê tudo!!!


Marcadores:

domingo, agosto 28, 2011

No bailinho da Madeira


Jardim só bebe sangria


e até dança a noite inteira


sem perder a... Autonomia!



Ele sabe-a toda e tem os fundos... que já são um poço sem fundo...

Ajudar os ricos...

Se em Portugal obrigarem as grandes fortunas a pagar imposto, vem para Cuba, meu caro. Aqui os ricos amigos são sempre bem vindos... Portugal ficará só com pobres...sem cheta...




Choram triste, tristemente

Que até me faz pena a mim

Os ricos também são gente

Mais impostos?! Que indecente!

A vida 'stá tão ruim!



E quem paga o caviar

E as férias no Japão?

Vão vender o Jaguar?

Comer sardinha ao jantar?

Andar de metro, não vão!




Mil e seiscentos milhões

Sugaram ao BPN

Compraram-no por... tostões...

De vampiro... o ADN!!!





sábado, agosto 27, 2011

Poupança a quanto obrigas...

O país está em crise, todos somos obrigados a poupar. E o exemplo vem de cima.
Passos Coelho, sempre atento, depois de a ministra da agricultura, ter contribuído para uma poupança de milhões, ao pedir para deixarem de usar gravata e não ligarem o ar condicionado__a que se seguiu, por arrastamento, uma campanha a nível nacional__ agora os ministros andam a treinar para voarem em planador... sempre fica muito mais em conta e o país poupa ... consta que esta campanha irá desencadear seguidismo a todos os níveis: Jardim Gonçalves, o banqueiro, acusado de ter aviao particular pago pelo banco, já decidiu optar pelo planador...

O país rejubila e as poupanças acumulam-se... por este caminhar qualquer dia Portugal vai aparecer no topo dos credores...a economia vai revigorar-se, os estrangeiros olhar-nos-ão com ar de espanto...

A poupar é que a gente se entende...

sexta-feira, agosto 26, 2011

O que diz o touro...

__Senhor touro, isso faz-se?!
__Não pense que o estou a atacar... estou só a praxá-lo... ele é um novato nas arenas e quero ver se ele tem queda para os toiros...
__Mas acertar-lhe logo nesse local tão doloroso... é demais!
__Ele vai ser médico e estou a ministra-lhe uma vacina...
__Como assim?! Vacina?!
__Alguns andam por aí com tendências esquisitas; querem se passar para o outro lado... e assim, estou já a vaciná-lo, para que não caia na tentação de levar no pacote...


quarta-feira, agosto 24, 2011

O «FIM DO MUNDO!»



Nota: a crise, que afeta Portugal inteiro, coloca-nos fora da lista para este grandioso evento.

Efeitos colaterais, mais um, desta medonha crise! Desta vez, o milagre foi provocado pela crise. Nossa Senhora de Fátima, desta vez não teve o protagonismo habitual!!!

terça-feira, agosto 23, 2011

J.M. e . J.N. jornais trampolim...




















O JN de hoje, 23 de Agosto de 2011 mostra, com todo o esplendor, nas paginas 15, 16 e 17 o que é a igualdade de oportunidades; fè-lo também ao tempo de Ferreira Torres pondo quase a primeira página ao seu serviço, e uma pagina interior, aquando de uma campanha eleitoral. Agora, o feliz contemplado com esta benesse é Luíz Filipe Menezes, o muito badalado candidato à presidencia da câmara do Porto...


Não está em causa o mérito intrínseco do candidato. Está, isso sim, a utilização de um espaço para publicitar um político, levando-o ao colo de forma escandalosa. Os outros putativos candidatos terão igual tratamento?! Duvido que haja espaço para todos...


Tal como Jardim na Madeira, que financia o seu jornal-trampolim, à custa dos dinheiros de todos nós, também sabemos que Menezes tem por hábito ser generoso e arranjar amigos que também o são, para o jornal que lhe serve de turibulário.


O vil metal por trás de tudo isto? Em Marco de Canavezes, compare-se o espaço dado ao actual presidente, o íntegro e pouco dado a negociatas Manuel Moreira e o que foi dado no consulado de Ferreira Torres!


Tigres de papel, sempre no palco da comunicação social, a serem incensados por aduladores de meia tigela, tecendo loas, panegíricos sem conta, num afã de sabujice e servilismo que tresanda a gratidão política...


Tal como na Madeira onde o tigre de papel - Jardim continua a colecionar vitórias porque não há espaço mediático para quem se atreva a questionar o seu mérito, a sua santidade, também se caminha para o mesmo no Porto, com o papel sabujo, laudatório e nada democrático do JN.


Igualdade de oportunidades onde andas tu?

sexta-feira, agosto 19, 2011

O Papa ataca «novos deuses»...

O Papa tem carradas de razão. Há novos deuses que são patológicos e já deram provas!
















Eles aí estão, agora unidos, mais que nunca, no esplendor do delírio, no auge do populismo, num supremo desiderato: desmantelar o Estado!!!




Menezes em tempos garantiu que o faria, mas não o deixaram cometer tal loucura. Encostaram-no às boxes para fazer uma cura... de repouso.




Como desmantelar essa criatura medonha que é preciso abater a qualquer preço?




Com despesismo galopante, clientelismo à outrance, capaz de engordar o exército de apaniguados até onde for possível.








O Papa, em Madrid, verbera os novos deuses . Terá razão o Papa? será que a infalibilidade é ainda um dom a ter em conta na sua douta sabedoria?




Tenho fé. Acredito que o Papa não fala por falar. Aqueles que querem abater o Estado__o alicerce mais nobre de toda a comunidade, o suporte da pátria, o garante das instituições__ serão capazes também de abater a Família, quiçá, o próprio Deus!




Cuidado com os novos deuses. Peritos em girândolas palavrosas , em usar os media como arma de arremesso, como trampolim, estes tigres de papel são perigosos. São narcisos. São capazes de desmantelar a economia, a educação, a saúde pública. E têm provas dadas!




Sabem mascarar-se, sabem utilizar métodos demagógicos, sabem vestir a pele de cordeiro, por cima da sua vera roupagem. São narcisos e camaleões! a sua ambivalência patológica é um perigo!




O país está moribundo. Despesas loucas, clientelismos e mais clientelismos para se manterem no poder a qualquer preço__ mesmo à custa da insanidade económico-financeira__ estas eminências pardas julgam-se sóis brilhantes, deuses no olimpo da comunicação social. Vozes melífluas, discursos com sabor a prozac, posturas doces e prometendo amanhãs que cantam, são, de facto o ADN da crise na vera acepção: despesismo, gastos sumptuários, admissões de pessoal para engordar o caudal de aduladores, deixam um rasto de tragédia com cheiro a futuro hipotecado...








O honesto, probo e racional contabilista da câmara do Porto, RR, já coça a testa e olha o futuro com preocupação. Tanto rigor, tanta preocupação com o equilíbrio, com o saneamento economicofinanceiro, e, de uma penada, este anti-sulistas, anti-elitistas, vem, com o camartelo do populismo infrene, destruír tudo, desmantelar o Estado... enfim, é o estado a que chegámos!








VALHA-NOS DEUS!!!





terça-feira, agosto 16, 2011

O Fim da Eurolândia...



Agora está só no início a nossa estratégia de domínio total da Eurolândia. Começa-se com as dívidas soberanas, vamos fazê-los afogar-se em dívidas, depois serão expulsos, pouca a pouco , os elos mais fracos, até ficarmos só nós, a dominar o que restar, concretizando aquele objetivo que Hitler queria almejar pela força da bota cardada. Nós, mais sofisticados, com a armadilha da dívida externa , levaremos o barco a bom porto. Depois esta liderança bicéfala terá de ser unificada. O método final? Talvez o da moeda ao ar... quem sabe?

terça-feira, agosto 02, 2011

Férias...







































E depois de uma caminhada pelos caminhos de Santiago (Arcos e limítrofes...) sabe bem saciar o apetite...