rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, outubro 15, 2017

Rui Rio, o líder natural do PSD, como é óbvio







Rui   Rio aparece como o candidato natural à liderança do PSD e tudo indica que será o futuro líder. Santana Lopes tem vários handicaps. Aquelas "petites histoires" de rabos de saia, mesmo em circunstâncias escabrosas, não largam a sua aura. Aquela célebre tirada  do Herman José : «Ó Pedro tu comeste a Torloni?» ainda paira no imaginário coletivo dos portugueses que não esquecem o seu apetite por coisas cor-de-rosa descurando muitas vezes o cinzento que deve ser apanágio da sobriedade administrativa. Jorge Sampaio, apesar de ser leão, como ele, não lhe perdoou os excessos, muito embora com severidade excessiva reconheça-se...Talvez mais fama que proveito...

Dois "sóis" em luta empenhada, mas o sol nortenho leva vantagem. Além do mais acresce o facto de no norte haver maior número de militantes, o que, em termos estatísticos, conta e muito.

O "nervos de aço", tem já tarimba suficiente para não ser considerado um novato e está naquela idade da afirmação plena. Tem dado provas de gestão serena e sensata, sobretudo na câmara do Porto, muito embora  haja algumas críticas,  sobretudo na área da cultura. Sabemos bem que quando há que cortar,  esta área é uma das primeiras a ser o alvo preferencial. Santana, pelo contrário, tem na cultura a sua imagem de marca. Contudo, navegou noutras eras, onde havia desafogo e os condicionalismos financeiros não eram tão intensos. Ficou célebre aquele desaguisado entre Rio e Menezes a propósito dos festejos sanjoaninos. Isso diz bem da sua matriz austera e do seu carácter frugal. Menezes o despesista convicto, Rio, o sensato, o prudente.
Assim, tudo leva a crer que, salvo uma qualquer calamidade, Rui   Rio  venha a ser o eleito. Pela amostra em Aveiro, e pela aragem, há um triunfo (robusto) e convincente  na carruagem social democrata...Como observador atento (outsider, mas sempre inside) admito que me possa enganar, mas tenho dúvidas...

José Sá