rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, abril 27, 2013

Parabéns, Eduardo...

Quem nasce na primavera
Terá flores a vida inteira
E delas também se espera
Que sejam também floreira.

Que a flor da amizade seja
A mais bela e perfumada
Flor linda, que só viceja
Numa alma bem formada.

Que haja a flor da alegria
Bem forte e contagiante
Tal qual a flor simpatia
De longe a mais importante!

Quem nasce na primavera
Ambiente perfumado
Tem sempre um sorriso à espera
Quando chega a qualquer lado.

EDUARDO, aqui presente
Faz anos na primavera
Por isso, sorri a gente,
Canta o fado, de contente
Chega aos cem, a gente espera!

Quem nasce na primavera
Viverá eternamente
Num jardim de flores e hera
Aromática atmosfera:
O coração desta gente!

Coração intemporal
Palpitando noite e dia
Num amplexo fraternal
Que faz ligar Portugal
Ao Brasil... com nostalgia...

Parabéns Eduardo. Os cem  anos estão  no horizonte... a maratona é longa mas com flores destas a meta será alcançada. Que Deus te acompanhe nesta maratona empolgante... Felicidades!

domingo, abril 21, 2013

O mar, a nossa vocação...

Para isso, é preciso um consenso nacional, diz Cavaco Silva:

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=644478&tm=9&layout=121&visual=49

RUI MOREIRA TEM RAZÃO

Rui Moreira independentemente do seu ideário e das suas posições a favor de um determinado clube, não deixa de ter razão no tocante à violação do estatuto editorial do JN. Doa a quem doer ele tem carrdas de razão. Aquilo já não é um jornal sério, independente, defensor do Norte e das suas gentes, enfim, do  povo.

Não, passou para o lado do caudilhismo balofo, prostituiu-se e abastardou-se a interesses obscuros. Passa a vida a levar ao colo um determinado candidato__ nem vale a pena dizer o nome tal a frequencia com que a criatura  aparece...__e tudo lhe serve para incensar, cultuar, quase angelizar o ídolo de pés de barro que se serviu do recurso abusivo ao erário público para prebendar amizades e interesses pouco transparentes... O país afunda-se quando este jornal em vez de desmistificar o modus operandi da criatura a coloca no pódio da santidade!
Porra, já é demais!!!

quinta-feira, abril 18, 2013

Portugal tem selvagens?! Sim, muitos...

terça-feira, abril 16, 2013

O Estado a que chegamos!!!

Os sete anos que Portugal [e a Irlanda] beneficiaram para pagar os juros de empréstimos, não são assim uma alivio tão grande como o que tem sido anunciado pela comunicação social, ainda que se traduz
am em beneficio para as empresas e para a economia e facilite o regresso aos mercados, no entanto esses sete anos de aumento da maturidade significam um acréscimo dos juros sobre a divida que Portugal terá de pagar, e que correspondem a 6,3 milhões de euros ao fim de 20 anos, o que perfaz um total de 68,8 mil milhões de euros em vez dos 62,4 mil milhões. Esses juros são pagos a 3% com uma maturidade de 13 anos - isto se o acordo se manter com a troica - ao Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) e ao Mecanismo Europeu de Estabilidade Financeira (MEF). Nas obrigações a 10 anos os juros estão a 6,3% o dobro do que é acordado com a troica. Mesmo assim, Portugal [tal como a Grécia] terá de pagar 20 mil milhões em divida entre 2015 e 2021, sendo que o resgate engloba 7 mil milhões em 2016 e 8,7 mil milhões em 2012.

 Perante estas obrigações, Portugal enfrenta ainda uma divida no valor total de 207 703 milhões de euros em 2013, correspondendo a 122,4% do PIB (Mais elevada só a Grécia e a Itália) e com tendência a subir. A par disto existe também preocupação com o défice e que actualmente se encontra nos 6,4%, um dos critérios de compromisso com o Eurogrupo e o Ecofin, o que obriga aos cortes brutais a serem feitos nas despesas do Estado, já que por via das receitas está fora de questão devido à decisão do tribunal constitucional.

São cerca 1326 milhões de euros de acordo com a 7ª revisão do programa de ajustamento da troica. Destes cortes serão 600 milhões de euros aplicados aos ministérios e o restante, à Segurança Social, Saúde, Educação e Empresas Públicas. Fala-se ainda numa TSU para pensionistas, algo imoral e degradante e o aumento da idade de reforma para os 67 anos. Ora o impacto destas medidas de austeridade - assim decididas pela ortodoxia alemã com o apoio de outros países satélites - porque existem outras, têm efeitos completamente recessivos - ou mesmo de espiral recessiva - na economia portuguesa, impedindo o crescimento económico, e provocando um brutal desemprego gerado quer pelo facto de a economia não crescer como devido aos cortes ilógicos na despesa do estado, estas politicas têm efeitos complexos e inversos ao que supostamente se pretende, pois, aumenta a própria divida pública através do acréscimo da despesa da segurança social por exemplo.

Mas se a dívida não for paga, Portugal sai do Euro e se o mesmo suceder a outros países como a Grécia, mas ainda pior como a Itália, então o Euro teria certamente o seu fim, o que colocaria o projecto europeu em grandes duvidas. Penso que os Eurobonds deveriam ser criados de futuro e avançar-se numa solução federalista, mas esta solução só é viável com uma democracia muito forte em todas as instituições europeias, harmonização fiscal e cooperação económica e social na União, criação de politicas de crescimento e emprego. Como não estou a ver que isto mude enquanto esta coligação de direita conservadora se mantiver na Alemanha: A coligação da CDU (União Democrata-Cristã) e a CSU (União Social Cristã), pode mesmo estar em causa se o o partido de Angela Merkel insistir na ajuda a outros países, portanto estamos completamente reféns do governo alemão e assim não pode ser, os responsáveis políticos alemães terão de recuar nesta fracassada politica de austeridade, isto com o euro bem forte, ou será um Super Marco ? Repare-se,  a moeda única está de acordo com as economias do norte europeu e nada de acordo com as economias do sul e isto levanta muitas questões. A outra questão é o papel do Banco Central Europeu que tem feito um papel muito limitado sem poder colocar moeda no mercado.

Os politicos europeus estão a negociar secretamente uma zona de comercio livre com os EUA, sem qualquer consulta aos  cidadãos europeus, devo dizer que não me parece que haja vantagens comerciais para a Europa e  em particular para os europeus, os números falaciosos apontam para uma enorme vantagem comercial da parte dos EUA, mas isto não é assim, se o mercado interno europeu é injusto e funciona mal, vai-se alargar ao mercado americano ? Foram os próprios políticos tecnocratas europeus que arruinaram as industrias europeias com um liberalismo selvagem - leia-se "freedon". Além do mais os EUA não estão em crise, têm uma verdadeira união e têm um programa orçamental comum com receitas próprias coisa que não acontece com a UE, aliás vai no sentido contrário ao reduzir irresponsavelmente o seu orçamento comunitário que servia por exemplo para apoiar a ciência e o conhecimento de forma a tornar as empresas europeias mais competitivas. Além do mais este assunto move-se mais por questões politicas de que económicas, muito por pressão dos EUA e que têm profundo impacto geo-estrátégio na Europa e mesmo no mundo, que penso não ser de forma alguma favoráveis a Portugal, lembramos que o nosso potencial é o mar, reforçando ainda mais as ligações aos EUA, à Europa sobretudo numa dimensão política e económica, ela far-se-á muito pelo norte (Reino Unido e Alemanha), ora,  isso reduziria bastante a importância na vertente atlântica portuguesa. Que deve ser o reforço dos laços com África e América Latina.

.


Outra nota, são sete sub-convenções rodoviárias adjudicadas pelo governo de Sócrates que vão gerar encargos no valor superior ás receitas até 2030 no valor de 6 332 milhões de euros. Uma barbaridade que deveria ser evitada, mas não, é o próprio governo que se opõe a que estes problemas sejam resolvidos.
PR

segunda-feira, abril 15, 2013

Verdade intemporal

quinta-feira, abril 11, 2013

«SEGUREM-ME, SENÃO INCENDEIO O MUNDO!»








http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=3157529

O líder nortecoreano anda a ameaçar a Coreia do Sul  e  países limítrofes para impressionar os militares .
Frágil e timorato, receia perder o controlo sobre os militares e assim afivela a máscara do todo-poderoso, do façanhudo, para que seja falado e temido externamente, para, de fato,  calar opositores internos...

Fanfarronadas e mais fanfarronadas só para colher benefícios diretos e indiretos (os USA poderão contribuír com algo para calar a besta...), enfim, uma estratégia bem conhecida e várias vezes ensaiada cá em Portugal por um conhecido político... esse mesmo, o «querido líder» da Pérola do Atlântico... ensaia habilmente o discurso belicista (contra Lisboa, os cubanos do contenente, as máfias ocultas... que nos querem roubar a autonomia...), para esconder a sua própria fragilidade, o seu fracasso na governação local, as suas cómicas tiradas dignas de um histrião de feira...

Assim vai o mundo...

quarta-feira, abril 10, 2013

Uma vara de marmeleiro...



O cartomante Macelo diz com os seus botões: «O futuro de Portugal é cada vez mais negro...»


terça-feira, abril 09, 2013

Ao comandante do «Titanic»:

Senhor comandante:

Sei bem que o senhor deve ser o último a abandonar o barco. Contudo, deve comandar e dar instruções à marinhagem para minimizarem os danos. Porquê continuar a orquestra a tocar?!

Ela anda por aí esbanjando milhões sem que nada se faça. Ele é comemorações disto e daquilo, é o dia do exército, o dia da marinha, o dia da força aérea, o dia da PSP, o dia da GNR, o dia dos bombeiros, o dia disto, o dia daquilo...

São milhões do contribuinte que são esbanjados sem cura...

Tenha pulso nisto, meu comandante!

Mais um em alta...

O10 de Junho deste ano será em Elvas e terá no epicentro das comemorações o conhecido político nortenho Silva Peneda.  Amigo do peito de Cavaco Silva, consta nos bastidores que será o futuro substituto de Passos Coelho, quando der o estouro a atual coligação.

Sempre muito próximo de figuras de proa do chamado bloco central, consta que poderá ser o líder do chamado Governo de Salvação Nacional quando se esgotarem todas as  iniciativas no atual quadro .

http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=3153836

 

domingo, abril 07, 2013

Só um golpe de Estado...

A democracia faliu. O sistema fiscal esgotou os recursos às famílias e às empresas. Os latifundiários da banca  tudo controlam, tudo sugam, tudo mandam.

A opinião pública está amordaçada e os comentadores encartados sucedem-se a dizer sempre a mesma coisa. Surge o PS e faz o que faz, vai o PSD/CDS e ainda faz pior, sem que o PR  __ completamente desacreditado na opinião pública, já nem reagindo às graves acusações que lhe são feitas, refugiando-se no cómodo e tíbio «não comento, não sou comentador»...__não se vislumbra saída neste quadro tenebroso, incapaz de deter a marcha inexorável rumo ao descalabro.

José Gomes Ferreira, sempre lúcido e acutilante, traça um quadro negro, mas realista, desta situação:


http://tafeio.com/jose-gomes-ferreira-volta-a-meter-o-dedo-na-ferida/

As fraudes e a corrupção campeiam, até em setores insuspeitáveis como a saúde: VER ABAIXO:

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=72485


Enfim, os alemães e seus comparsas vão obtendo capitais a juro baixo e emprestando-os a juro elevado, ganhando cada vez mais, cavando de forma injusta e lamentável o fosso existente.

A europa é um embuste, uma ilusão, uma trapaça. Durão Barroso uma figura decorativa completamente ultrapassada pelo eixo franco-alemão, refém de um passado pouco ético, ensombrado pela cimeira das Lajes e o imbróglio ainda não clarificado das preliminares ao negócio da compra dos submarinos...

Que esperar de tudo isto?!

Nenhum governo pode fazer nada. Eleições? Vão deixar o pântano ainda mais lamacento.

Infelizmente só um golpe de Estado poderá salvar-nos do atoleiro em que caímos...

Que não venha tarde demais é o suspiro de todos os portugueses honestos e sem ilusões neste regime patético...

Como peixes na água...

Alunos nadadores da escola básica 2/3 da escola Dr Carlos Pinto Ferreira - Junqueira Vila do C
onde

sábado, abril 06, 2013

A SOLUCAO FINAL PARA PORTUGAL....

http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=3149977





Apos o Tribunal Constitucional reprovar algumas medidas propostas no Orçamento de Estado o governo queixa-se de falta de margem de manobra..

Era altura de manobrar para outro lado...

Os grandes beneficiarios desta crise, os magnatas como Belmiro, Amorim, Melo, Espirito Santo, Mota, Soares dos Santos, sempre prontos a lançar bitaites para reduzir salarios e nada contribuindo do seu proprio bolso para sanar a situacao, era hora de abrirem cordoes a bolsa. 

Tantos beneficios, tantos perdoes fiscais , ate um processo prescrito no valor de cinco milhoes... tantos incentivos estatais  à internacionalizacao...  e da parte deles nada de contrapartidas em prol da patria que os empurrou para a gloria...

Senao, era altura de serem generosos a custa da lei...generosidade forçada, entenda-se! Fugirão como ratazanas, qual Depardieu, que se foi abrigar debaixo da asa de Putin...

A igreja cipriota deu um belo exemplo de solidariedade pondo parte do seu patrimonio a disposicao do Estado cipriota para debelar a situacao. Ca nada se ve de palpavel....

sexta-feira, abril 05, 2013

Militares atentos a um cadáver adiado...

http://www.publico.pt/politica/noticia/militares-reunidos-em-almada-dizem-que-o-pais-esta-a-ser-posto-em-causa-1586826#/0

O precipício está aí, negro, abismal, desastroso... só o não vê quem não quiser ver...

quarta-feira, abril 03, 2013

Cristo é português...