rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, fevereiro 25, 2013

A solução final, para Portugal

Deu-la-deu Martins a heroina que inspirou esta carta

Ver AQUI:http://pt.wikipedia.org/wiki/Deu-la-deuhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Deu-la-deu

Senhor Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho:

Excelência,

A nossa História está prenhe de ensinamentos e de lendas que, se bem aproveitadas, poderão ajudar a ultrapassar os escolhos que por ora vamos atravessando.
Conhece a maravilhosa e fabulosa história de Deu-la-deu Martins, aquela heroina de Monção que, estando a nossa fortaleza cercada por castelhanos, aguardando a nossa rendição por falta de provisões, teve a feliz ideia de lançar pães e  ofertá-los aos sitiantes,  declarando que eram de origem divina? Os castelhanos, já cansados, abandonaram a presa,  exaustos, convictos da impossibilidade de nos dominarem dada a origem divina das provisões...

Enfim, mutatis mutandis, pode-se dizer que  hoje em dia estamos também cercados, sitiados, por mercados financeiros ameaçadores, ansiosos por nos devorarem e nos lançarem na completa miséria. Eles vão tecendo ameaças cada vez mais tenebrosas, cada vez mais medonhas. Por que não usar a mesma estratégia da famosa Deu-la-deu?!

Pense bem. Basta usar o nosso ministro das finanças, esse mesmo, com aquele ar hierático, incapaz de fazer mal a uma mosca, mais puro e imaculado que uma vestal do templo romano, mais sério que o  aio de D. Afonso Henriques, o nosso querido Egas Moniz, mais santo que o santo condestável, enfim, o suprassumo da credibilidade; basta convencê-lo a propagar aos sete ventos que Portugal não precisa de juros mais baixos, Portugal não quer aproximar-se da Grécia em miserabilismo, Portugal está  no início de uma fantástica recuperação que empolgará o mundo inteiro e deixará os mercados estupefactos!

  Então sim, o cerco será levantado  sem demora e viveremos uma época de prosperidade sustentada!

E basta acrescentar um pouco mais: diga que os canadianos estão prestes a encontrar um filão de ouro inesgotável, as nossas reservas de gás natural- e quiçã, petróleo bruto-  em Aljubarrota e Fátima,  darão para sustentar as nossas carências neste século, o nosso uránio, o nosso volfrámio, o nosso tungsténio, estarão prestes a vir à luz do dia, basta um pouco mais de perseverança e determinação!

E fale-lhes no nosso sol, nas nossas praias, nas nossas musas, nos nossos craques do futebol, com suas cláusukas de rescisão milionárias, nos nossos vinhos... enfim, os mercados ficarão embriagados com tanta abundância que levantarão o cerco desiludidos e pasmados!!!

 E, finalmente, para os encabrunhar de vez, diga que temos algo que se vende pelo mundo inteiro e possuimos  montes e montes delas, um filão  inesgotável: AS NOSSAS DÍVIDAS!!!

quinta-feira, fevereiro 21, 2013

SERÁ VERDADE?







Padre José Nuno, coordenador das capelanias hospitalares..

.
O caso recentemente relatado de assédio sexual por parte do  bispo Carlos Azevedo anda a agitar as aguas. Contudo, perguntar-se-á: porque só agora vem a lume? Quem é a alegada vítima? Terá credibilidade? Porque não é entrevistada para dar a sua versão? Jornalismo sem contraditório não é hornalismo...

Estranha-se que o caso não tenha dado origem a um processo... Ou será que deu e ficou na gaveta?! Entretanto, já se passaram três décadas... não será oportunismo desenterrar algo pouco consistente?

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3065010

Para os padres quer a homossexualidade  assumida, quer a heterossexualidade, são pecados. Os pecados são perdoados no confessionário. Se a vítima for menor, há crime. Há legitimidade para recurso ao Ministério Público. Se não for... entra-se no domínio da ética, da moral...

http://www.snpcultura.org/id_padre_jose_nuno.html

Eis aqui o pensamento de um padre moderno sobre este caso, a que chama de  «LINCHAMENTO»:

http://jlrodrigues.blogspot.pt/2013/02/a-verdade-ou-falatorio-de-sarjeta.html

terça-feira, fevereiro 19, 2013

Elas querem casar...

São irmãs siamesas e... querem casar.... Porqie não, são lindas e sorridentes... quem se quer candidatar?!

Pior a emenda que o soneto!

http://www.jn.pt/Opiniao/default.aspx?content_id=3058268&opiniao=Ant%F3nio%20Marinho%20Pinto

O senhor bastonário da ordem dos advogados usa, por vezes, linguagem excessiva. Reconheço que, quando os arbítrios e os abusos de poder o são, há que usar linguagem compatível.

Recordo aqui uma polémica no JN envolvendo o saudoso Manuel António Pina que o acusou de ser um dependente de manchetes, ou seja, precisar de uma dose diária de  injeção mediatica na veia para  o seu equilíbrio psíquico. Enfim, exagerou na metáfora, foi infeliz. Depois, Marinho e Pinto, qual   leão ferido, saíu a terreiro e chamou-lhe o «sniper» que  actua nos telhados do JN... Disse dele cobras e lagartos também...

  Manuel António Pina queixou-se de o diretor do JN ter aceite o tom daquele «camião destravado» esmagando tudo à sua passagem.

Agora a cena repete-se: ele chamou, num discurso acalorado, «barata tonta» à ministra da Justiça.

Veio agora à liça um tarefeiro de serviço que vai  servir de guardião da honra da ministra e lhe morde as canelas sem dó nem piedade. Ele insurge-se contra este excesso, invocando os limites para a liberdade de expressão. Quem define os limites são os tribunais...
Ora, aqui é que a porca torce o rabo. Sabemos que a justiça __ essa «barata tonta»...__não é flor que se cheire...

Imagine-se que a mim, um pobre diabo, me condenou, por, no exercício da liberdade, no dever de investigar e fiscalizar uma câmara municipal,  como deputado municipal,  ter achado  excessivos e passíveis de sanção estes inocentes termos: «onde pára o dinheiro?», «ambiente maquiavélico», «repressão sindical fascizante» e «crimes de lesa-economia»...

Estava no meu dever/direito  de fiscalizar pois era deputado municipal, tinha detetado um caso grave de ausência de concurso público (mais tarde a IGF concordou comigo e disse mais: que todas as empreitadas acima do montante a que era exigível o concurso público, foram executadas sem ter sido feito esse concurso!).

A justiça, tem dois pesos e duas medidas!



Se o pífio bastonário é casca grossa
Não sei, não. Há limites p'rá decência;
Só vemos vil jactância e pesporrència
Almas-latrinas, sujas que nem fossa...

segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Vem aí um novo papa!

Desde o concílio Vaticano II_ em que foi extinta a missa em latim... que poucos entendiam na sua plenitude.. - pouco se avançou. Há movimentos fortíssimos que poderão desencadear uma autêntica revolução na igreja católica: as mulheres que querem ter acesso  ao sacerdócio, os padres mais avançados que querem o regresso ao passado, na questão do celibato, propugnando a sua extinção pura e simples... e tantos outros que estão a merecer um estudo atento...

Ver aqui alguns comentários polémicos sobre o concílio Vaticano II http://www.a12.com/vaticano2/teologos-debatem-convergencias-e-divergencias-do-concilio-vaticano-ii/

A  própria «confissão auricular» começa a ser altamente contestada sobretudo depois de alguns casos polémicos envolvendo padres que violaram o segredo da confissão... Um chegou a ser condenado a prisão perpétua na Argentina... VER AQUI:http://noticias.uol.com.br/ultnot/reuters/2007/10/09/ult729u70783.jhtm
http://noticias.uol.com.br/ultnot/reuters/2007/10/09/ult729u70783.jhtm
http://www.ihu.unisinos.br/noticias/noticias-anteriores/10003-argentina-condena-padre-por-crimes-na-ditadura



Uma movimentação   que colhe cada vez  mais adeptos é a que propõe o uso das videoconferências para permitir  que o santo sacrifício da missa possa ter efeitos dada a cada vez maior dificuldade em colocar padres: em países onde há perseguições ao catolicismo, nos casos de marinheiros, de  emigrantes em territórios semi- desérticos ou inóspitos... enfim, uma multiplicidade de situações.

Quanto ao cardeal mais capaz para levar avante esta hercúlea tarefa alguns dizem que deverá ser sul americano (nomeadamente brasileiro...), outros opinam que, na esteira do que aconteceu com os EUA onde Obama ganhou forte protagonismo, gerando uma onda de simpatia universal, deverá ser um negro ou mulato a subir ao trono no Vaticano...

Muitos são os chamados... poucos os escolhidos e... só um será eleito..

Que aos olhos do Futuro seja o melhor é o que eu e todos os cristãos de bem desejamos...

VEJA AQUI os mais «papáveis», segundo alguns, como é óbvio:
http://www.ihu.unisinos.br/noticias/505367-papaveis-em-potencial-os-concorrentes-do-proximo-conclave

terça-feira, fevereiro 12, 2013

PAPA RESIGNA...

VER AQUI:http://visao.sapo.pt/papa-bento-xvi-renuncia-ao-cargo-por-falta-de-forca=f712199?utm_content=2013-02-11&utm_campaign=newsletter&utm_source=newsletter&utm_medium=mail

quinta-feira, fevereiro 07, 2013

Afinal a tal carta nao recomenda ninguém...

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2013/02/06/carta-apresentada-no-parlamento-para-defender-franquelim-alves-contradiz-ministro

segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Daniel (Sampaio?) na Cova dos Leões...

«Meu Deus, que mal fiz eu para ficar no meio destas criaturas...?»